Piramidal.net

Tudo o que você sempre quis saber sobre pirâmides.

  • Pirâmide de cobre C130

  • Pirâmide de alumínio A150

    Pirâmide de alumínio A150

  • Pirâmide de alumínio A150

    Pirâmide de alumínio A150

  • Pirâmide de cobre C150

    Pirâmide de cobre C150

  • Pirâmide de alumínio A130

    Pirâmide de alumínio A130

  • Incenso japones aroma orvalho

    Incenso japones aroma orvalho

  • Incenso japones aroma jasmim

    Incenso japones aroma jasmim

  • Pirâmide de latão fechada

    Pirâmide de latão fechada

  • Fórum sobre jejum, alimentação prânica (viver de luz) e temas relacionados

Desmistificando as pirâmides (parte 1)

Posted by luxcuritiba em abril 19, 2008

piramidal.net | lojapiramidal.com

compartilhar

Por décadas as pirâmides têm chamado a atenção e despertado a curiosidade de arqueólogos, esotéricos e estudiosos de para-ciências. Seja pela sua beleza, pelo mistério da sua construção e significado, ou pelos seus supostos poderes. Pretendo aqui, de forma clara e concisa, esclarecer alguns tópicos referentes às pirâmides, baseando-me em pesquisas e experiências práticas.

Pirâmide é magia?

Não, não é. Ela já é utilizada, talvez por séculos, por sociedades secretas como Maçonaria e Rosa Cruzes, e o Pró-Vida, instituição mais recente, com presença em vários estados. Os conhecimentos sobre as pirâmides, porém, via de regra são restritos aos membros de cada grupo. Apesar do sigilo, e do desinteresse da ciência ortodoxa, pesquisadores independentes têm feito seus estudos e divulgado os resultados ao público em geral.

Em 1930, Antoine Bovis, radiestesista francês, encontrou no interior da grande pirâmide de Quéops, no Egito, corpos mumificados de gatos. Posteriormente Bovis demonstrou que réplicas da grande pirâmide apresentavam os mesmos efeitos de mumificação que a pirâmide original. A partir daí diversos estudiosos realizaram experiências com réplicas de pirâmide.

Ao visitar o Cairo, Williams Siemens relatou ter recebido uma forte descarga elétrica, estando sobre o ápice da pirâmide de Quéops. Em 1935 John Hall verificou descargas elétricas no ápice de uma réplica da pirâmide. Nas décadas de 40 e 50 o engenheiro Karel Drbal, após diversas experiências, criou e patenteou um afiador de lâminas de barbear, em formato de pirâmide.

Nas décadas de 70 e 80, Bill Schul e Ed Pettit, autores de vários livros como “O poder psíquico das pirâmides”, constataram que as pirâmides podem afetar o desenvolvimento de plantas, têm efeitos sobre pessoas que meditam no seu interior, favorecem o desenvolvimento de faculdades psíquicas e auxiliam na cura de problemas de saúde.

No Brasil, Abeilard Gonçalves Dias realizou diversas experiências e estudos com pirâmides em seu instituto de psicotrônica, com sede em São Paulo. Sua contribuição foi particularmente importante do estudo da pirâmide como instrumento terapêutico, no tratamento de diversas enfermidades. Também publicou diversos livros onde divulgava suas descobertas.

Comprovações

Coloque no interior de uma pirâmide, a 1/3 da sua altura, um pequeno pedaço de carne. Ponha o aparato em um local arejado mas sem movimentação de pessoas. Depois de alguns dias a carne estará totalmente desidratada. Outra experiência: quebre um ovo num prato e coloque dentro da pirâmide. Logo a clara e a gema estarão completamente secas.

Amostras mumificadas

( Amostras mumificadas em Setembro de 2005 )

Detalhe importante: o suporte utilizado para colocar as amostras deve ser de madeira, papel, vidro, cerâmica ou outro material assemelhado. Deve-se evitar utilizar plásticos ou qualquer material sintético, bem como metais, materiais que tendem a influenciar o fluxo de energia e, conseqüentemente, os resultados.

Alguns céticos realizam experiências como esta, com resultados negativos. Segundo Patrick Flanagan, superdotado que construiu um neurofone(1) aos 17 anos, e entusiasta das pirâmides, a energia da pirâmide varia ao longo do dia, estação do ano, fases da lua e quantidade de íons no ar. A energia mental do investigador também pode afetar o resultado, coisa que não surpreende, nesses dias de física quântica.

Não acredite no que eu disse, faça a experiência e verifique por si mesmo. Observe os resultados com mente aberta. Se não funcionar na primeira vez tente realizá-la em datas ou locais diferentes. Grande atividade solar pode afetar o funcionamento da pirâmide, como afeta satélites e transmissões de rádio e eletricidade. Aparelhos eletrônicos, cabos ou tomadas elétricas, também podem influenciar o experimento.

(1) Neurofone, aparelho de auxílio a deficientes auditivos, que transmite impulsos elétricos diretamente ao cérebro.

Leitura recomendada

– Pirâmides, energia do futuro: Abeilard Gonçalves Dias, 1978.
– A pirâmide e o mundo novo: Abeilard Gonçalves Dias.
– Energia da pirâmide beneficia o homem: Abeilard Gonçalves Dias.
– A grande pirâmide revela seu segredo: Roselis Von Sass, 1991.
– O Poder das Pirâmides: Emilio Salas, Román Cano, 1978.
– O poder psíquico das pirâmides: Bill Schul, Ed Pettit, 1976.
– O poder mágico das pirâmides: Bill Schul, Ed Pettit, 1986.
– O poder secreto das pirâmides: Bill Schul, Ed Pettit, 1977.
– A pirâmide submersa no Triângulo das Bermudas: Marcus Silverman, 1984.
– O Egito Secreto: Paul Brunton, 1967.
– A força das pirâmides: Max Toth, Greg Nielsen, 1974.
– As profecias da pirâmide: Max Toth, 1979.
– O enigma das pirâmides: J. Alvarez Lopez, 1978.
– Os segredos por trás das pirâmides: Geof Gray Cobb, 1979.
– O poder positivo das pirâmides: Anne Hasch, 1987.

Zhannko Idhao Tsw

Veja também

Terapia das pirâmides: aceitação surpreendente entre médicos de Cuba.

Direitos autorais: Este texto pode ser copiado, por quaisquer meios e para qualquer fim, desde que citada a autoria.
Informação é mais do que um Direito, é um Dever.

Piramidal no Facebook
.
●●● Gostou? Então curta nossa página no Facebook.
.
Autor
●●●
 Seja amigo do autor do site no Facebook e esteja sempre antenado em assuntos interessantes.

Anúncios

Uma resposta to “Desmistificando as pirâmides (parte 1)”

  1. henrique josé canindé santos said

    Achei ótimo o artigo sobre o poder das pirâmides, mas, ainda sinto falta de uma boa explicação científica e de uma demonstração da construção de uma delas, com suas medidas exatas, posição e período de tempo(hora,dia,semana,mês e ano) com mais concentração de energia. Por favor, mande-me informações!

    Resposta:
    Oi Henrique

    Já leu nossa apostila sobre pirâmides? No link https://piramidalcwb.wordpress.com/apostila/ você baixa o arquivo gratuitamente.

    Na seção de “Textos sobre pirâmides” também há muito material disponível.
    https://piramidalcwb.wordpress.com/category/textos-sobre-piramides/

    Abraço
    Z

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: