Piramidal.net

Tudo o que você sempre quis saber sobre pirâmides.

  • Pirâmide de cobre C130

  • Pirâmide de alumínio A150

    Pirâmide de alumínio A150

  • Pirâmide de alumínio A150

    Pirâmide de alumínio A150

  • Pirâmide de cobre C150

    Pirâmide de cobre C150

  • Pirâmide de alumínio A130

    Pirâmide de alumínio A130

  • Incenso japones aroma orvalho

    Incenso japones aroma orvalho

  • Incenso japones aroma jasmim

    Incenso japones aroma jasmim

  • Pirâmide de latão fechada

    Pirâmide de latão fechada

  • Fórum sobre jejum, alimentação prânica (viver de luz) e temas relacionados

Auto-defesa astral

Posted by luxcuritiba em abril 19, 2008

piramidal.net | lojapiramidal.com

Ao longo de minha existência empreendi uma luta feroz entre duas de minhas metades: um lado cético, científico e analítico, e outro lado maravilhado pelo inexplicável. Este texto é uma boa mescla dos dois. Tudo que cito aqui é de meu conhecimento direto e prático. Não falo de teorias. Todas as técnicas, salvo ressalvas, foram por mim experimentadas. Este texto é de cunho estritamente prático e funcional. O foco aqui não é entender o “porque funciona”. Porque num momento de urgência o que menos importa é o porque, mas sim, que FUNCIONE.

Não pretendo fazer deste texto um manual definitivo sobre limpeza e defesa astral. Estas são dicas que tenho utilizado e com as quais tenho obtido resultados positivos. Se alguém utiliza alguma outra técnica que lhe retornou com um bom resultado agradeço se entrar em contato para trocarmos experiências.

Lembremos que, por mais que nosso campo de energia pessoal esteja perfeitamente equilibrado, estamos cercados por uma infinidades de seres, visíveis ou não, que não estão em equilíbrio. Não nos cabe guardar rancor dessas pessoas ou entidades. Apesar de suas ações, estas criaturas também são manifestações do deus vivo, como nós mesmos, e também têm direito a vida. Devemos, pois, amá-los, no sentido de respeitar o seu direito à vida. E, claro, nos precaver contra suas ações, tentando, sempre que possível, nos defender, causando o menor dano possível aos outros seres.

Para os céticos:

Para os céticos, que não acreditam, nem em magia, nem em religião, fica a opção de técnicas de controle mental, neurolinguística, afirmação e pensamento positivo. Livros sobre técnicas de auto-afirmação e auto-ajuda não faltam. Sugiro algumas dicas para evitar estados mentais negativos.

ANTI FRENESI – no corre-corre do dia-a-dia, horário, buzina, trânsito, poluição, telefone tocando, pegar o filho antes que a cresce feche, etc., é fundamental parar alguns momentos, em algum lugar, para respirar, descansar, não pensar em nada, e deixar o ritmo cardíaco diminuir. Durante o dia muitas pessoas não se dão conta de que a sua pulsação está quase a ponto de causar um rompimento de artéria. O resultado de tanta correria é cansaço e irritabilidade, o que, por sua vez, pode criar uma série de experiências desagradáveis.

É claro que as coisas que precisam ser feitas durante o dia devem ser feitas, mas existem maneiras e maneiras de se fazer as coisas. Você pode fazer tudo o que precisa de forma calma, sem pressa doentia e normalmente suicida. E se não for possível fazer hoje, faça amanhã. As pessoas tendem a criar uma série de necessidades urgentes que precisam ser atendidas AGORA. Seja franco(a) e sincero(a) com si mesmo(a) e veja se algumas coisas não podem esperar para amanhã.

CONTATO COM A NATUREZA – nas cidades mais populosas é comum passar dias, semanas, meses, e, em alguns casos, até anos, sem que as pessoas tenham contato com um parque, com verde, com plantas, com a natureza. Nós somos animais de carne e sangue, e como qualquer outro animal não fomos feitos para viver eternamente dentro de uma caixa de cimento. Como qualquer outro animal precisamos de contato com nossa matriz, para ter vitalidade e saúde. Recentemente tem vindo a tona de forma cada vez mais intensa essa necessidade de retorno a natureza. Tente, pelo menos uma vez por semana, visitar um parque, um camping, fazer um passeio em algum lugar onde haja plantas. Cultive plantas em casa. Flores, pequenas árvores. Mesmo em ap(e)rtamentos é possível ter pequenas árvores (eu moro em apartamento e tenho várias). Tente também usar mais roupas em tons verdes (plantas) ou azuis (céu). Se não tiver essas cores serve qualquer cor clara (amarelo, bege, branco), que são reconhecidamente relaxantes. Se não tiver paciência para cuidar de plantas, pelo menos use quadros com flores, paisagens ou animais. Flores de plástico considero desaconselhável. Paredes em tons verdes, azuis, ou cores claras são, uma boa pedida.

BONS PENSAMENTOS, BONS SENTIMENTOS, BEM-ESTAR E SAÚDE – a frase “mente sã, corpo são”, não é novidade para ninguém, e vez após vez a ciência e medicina comprovam que o estado de espírito influencia o corpo, e vice-versa. Várias experiências com placebos comprovaram que a mente humana tem uma grande capacidade de cura. Muitas doenças do corpo podem ser curadas, ou ter a cura acelerada, por um estado de espírito alegre e otimista. Pratique exercícios periodicamente. Vida sedentária enfraquece o corpo. Corpo fraco enfraquece a mente. Mente fraca é terreno fértil para doenças, reais ou imaginarias.

VIGILÂNCIA CONSTANTE – na loucura dos nossos dias, muitas vezes esquecemos de prestar atenção em nós mesmos, esquecemos que já faz tres, quatro, ou cinco meses, que não frequentamos um parque. Para evitar esse tipo de esquecimento é interessante criar o habito de fazer uma retrospectiva, no final do dia, ou pelo menos no final da semana, dos acontecimentos do período. Assim você faz um fechamento de balanço periódico, e vê onde exatamente você está e o que está fazendo. Pode anotar em uma caderneta, o que foi feito durante o dia, ou a semana. Veja se o que você fez, realmente precisava ser feito, se não podia, ou deveria, ter esperado, se foi feito da forma certa, etc. Também é útil avaliar seus motivos, reais ou imaginários. Se os motivos eram mesmo bons e plausíveis, se eram realmente importantes. Pense, e faça; faça, e pense. Tenha um feedback de si mesmo. Analise suas próprias ações e reações. Veja, afinal, onde está indo, e onde deveria, ou queria, estar indo.

PENSAMENTO POSITIVO – quando estamos fisicamente cansados tendemos e ter pensamentos de desânimo e derrota. Quando estamos fisicamente saudáveis tendemos a ter pensamentos de alegria e vitória. Pensamentos negativistas tendem a fazer uma pessoa ficar inativa, parada, leeeeeeeeenta. Quando você fica parado(a), o seu corpo atrofia, e você cria um círculo vicioso para baixo: quanto mais você pensa negativo, mais a sua vida fica negativa, e quanto mais a sua vida é negativa, mais você pensa negativo. Felizmente o inverso também é verdadeiro: quanto mais você pensa positivo, mais a sua vida fica alegre e divertida (mesmo apesar dos problemas), e quanto mais a sua vida fica alegre e divertida mais você tende a ter pensamentos positivos. Se está numa fase de baixo astral, pense positivo. Independentemente da realidade à sua volta, pense coisas boas. Isto, por si só, e com o tempo, vai lhe dar uma tendência de pensamento para criar um círculo vicioso positivo, para cima. É uma questão de hábito, crie o hábito de pensar positivo, apesar de tudo e de todos. Pensar coisas boas é coisa que se aprende.

Para os religiosos:

Como na magia, considero a religião, também, um mecanismo ultrapassado e inadequado para a nova realidade em que o planeta está ingressando. No entanto, é fato que as realidades religiosas terrenas estão incrustadas nas egrégoras de pensamento e têm raízes tão profundas que torna-se quase impossível evitá-las. Eu disse QUASE. A sua força e a sua eficiência são inegáveis. O mal das religiões atuais é limitar o horizonte das consciências em evolução, delimitando o que pode e não pode ser feito, através de decisões tomadas de forma parcial e restritiva, o que acaba atravancando a própria evolução dos seres e do planeta como um todo. Dia virá em que todas os seres conscientes do planeta estarão livres de toda forma de PRÉ-conceito e PRÉ-programação mental, serão livres pensadores, e seus futuros como criaturas em evolução serão sem limites, como o próprio Criador É, SEM LIMITES, de crescimento e evolução.

ORAÇÕES INDIVIDUAIS – a oração é uma ferramenta poderosa, mas deve ser feita, preferencialmente, de forma consciente. Isto é, nada de orações repetitivas onde a pessoa repete e repete e repete a oração sem nem se dar conta do que esta falando. A oração ideal é aquela feita com o coração e com a consciência bem desperta. As orações repetitivas também tem sua utilidade, se recitadas como mantras, desde que o foco de atenção da pessoa esteja fixado no motivo da oração – e não na reunião de amanhã, ou no dia da prova, ou na blusa nova da vizinha :-).

Outro detalhe importante quanto a oração é a forma de solicitar a ajuda que se precisa. Muitas pessoas oram incansavelmente pedindo algo especifico como “um novo emprego de MOTORISTA”. Dessa forma elas próprias limitam a sua realidade e as possibilidades de crescimento. Talvez, o criador já tenha lhes preparado um novo emprego, e talvez, até, já tenha lhes mostrado várias oportunidades, mas não de MOTORISTA. Isto porque o melhor para a pessoa, naquele momento, não é um emprego de motorista, mas sim um emprego de representante comercial, por exemplo, com um salário muito maior, quem sabe.

Creio que a melhor forma de resolver esse tipo de contra tempo é orar pedindo a assistência do santo ou do anjo para que, o santo ou o anjo, que com certeza tem uma consciência mais esclarecida, decidam qual é a melhor forma de resolver o problema. E depois é só ficar atento(a) para os “sinais” que lhe indicarão o caminho a seguir.

CÍRCULOS DE ORAÇÃO – os círculos de oração têm, basicamente, o mesmo efeito da oração individual. A diferença está na “potência” do efeito. No círculo, concentra-se um forte e potente foco de energia. O ponto desfavorável dos círculos de oração é que a energia gerada tende a se dissipar gradativamente e desaparecer. Depois das orações, as pessoas tomam seus próprios rumos e afazeres, e suas atenções dispersam, de modo que a agrégora criada vai aos poucos enfraquecendo até desaparecer. Por esta razão, considero os círculos de oração muito úteis em momentos de crise pontual, em que seja necessária uma grande carga de energia num momento especifico, como em casos de cirurgia, acidente ou crises momentâneas. Se combinar com reiki melhor ainda.

Outro detalhe importante quanto aos círculos de oração é o fato de algumas pessoas ficarem “viciadas” e dependentes da energia gerada ali. De forma geral, a energia de um círculo de oração é proporcional à soma da energia pessoal dos membros do círculo multiplicada pela energia divina, ou graça, que é “ancorada” pela egrégora do círculo. Ou seja, quanto maior for a energia pessoal de cada membro, mais intenso será o campo de energia gerado na egrégora, e quanto maior for a energia da agrégora, maior será a abertura (o portal) pela qual a energia divina poderá fluir do plano espiritual/astral para o plano terrestre (físico).

O que tenho observado com muita frequência é que algumas pessoas possuem pouca energia pessoal e, ao invés de contribuírem para a geração da egrégora elas apenas absorvem a energia que dali provem. Dessa forma, ficam dependentes de uma energia externa, a energia do circulo. Não que absorver a energia do círculo seja errado, afinal, a energia que provém da agrégora do círculo de oração está ali para ser usufruída por todos. O problema ocorre quando essas pessoas habituam-se a utilizar a energia da egrégora sem aprenderem a “gerar” a sua própria energia, ou, a canalizar a energia divina diretamente do plano espiritual para seu próprio interior, independente da egrégora. Através das orações individuais é possível canalizar a mesma energia do círculo, apenas numa potência menor.

Que as pessoas absorvam a energia da egrégora em um momento de crise, um momento de maior necessidade, é normal e necessário e é, afinal, a finalidade do círculo – ajudar aqueles que estão com um nível de energia baixo. Porém, se o indivíduo persiste em apenas absorver a energia, sem gerar nada em troca, acaba tansformando-se em um vampiro. E há vários deles por aí, e não somente em círculos de oração.

Lembro também que a questão do foco restritivo vale para o círculo de oração, e principalmente para este, pois a energia trabalhada ali é muito maior. Afim de evitar problemas de má interpretação, o melhor é solicitar que o santo ou o anjo, ou o próprio Criador, chamado na oração decida, ele próprio, qual é a melhor solução para o problema, e então ficar atento(a) para os sinais.

VELAS – acender velas para um santo ou para um anjo guardião é sempre algo positivo. A chama da vela atrai a luz divina para o plano terrestre. É ótimo ter uma vela sempre acessa ou acender velas com frequência, principalmente em momentos de oração, individual ou coletiva.

DEFUMAÇÃO – as culturas católicas e evangélicas costumam fazer pouco uso da defumação, mas algumas culturas cristãs ortodoxas ainda a usam com certa frequência. A defumação é sempre positiva e deve ser feita com frequência. Se combinar a defumação com oração melhor ainda. É interessante perceber que a defumação, por si só, não torna a carga do ambiente positiva. A função da defumação é retirar a carga negativa. O que fica depois da defumação é um ambiente neutro. Assim sendo, julgo interessante, depois da defumação, fazer uma oração, ou acender uma vela, para “encher” o local com carga positiva.

ÁGUA BENTA – seu efeito é muito benéfico para a limpeza, seja do campo pessoal ou de um ambiente. O melhor é usar água que tenha sido benzida recentemente ou que tenha estado por longo tempo em algum lugar sagrado (igreja, altar, capela). Se a água for benzida e espargida por um padre (um bom padre, porque há padres e padres…) melhor ainda. O ponto negativo da água benta é que seu efeito tende a durar pouco tempo. Por ser algo que o indivíduo faz sem esforço acaba tornando-se uma solução um tanto artificial. É muito útil, como no caso dos círculos de oração, para resolver problemas pontuais e imediatos, mas não deve ser encarada como solução definitiva para o problema.

OBJETOS SAGRADOS (AMULETOS) – pela minha prática pessoal tenho visto pouca eficiência no uso de amuletos. Confesso, porém, que os usei muito pouco. Acredito que, para aquele que tem fé, os amuletos possam ser úteis. A maior utilidade dos amuletos é funcionarem como chaves para o indivíduo ligar-se com energias espirituais. O amuleto não tem energia própria. Ele é magnetizado, como a água benta, através de contato ou pensamento (oração). Tem efeito pontual e, dependendo do caso, precisa ser “recarregado” com frequência.

Para os esotéricos:

Antes de tudo, gostaria de dizer que, sim, a magia funciona. Considero a magia como uma ferramenta ultrapassada e imprópria para a nova fase na qual o planeta está agora ingressando, mas em falta de ferramentas mais adequadas à nova frequência vibratória do planeta, particularmente em casos de emergência, a magia pode ser uma boa maneira de resolver alguns problemas. Os dispositivos mágicos funcionam porque estão encravados nas egrégoras de pensamento das culturas locais bem como na egrégora global do planeta (o inconsciente coletivo). Em breve novas ferramentas estarão aparecendo para trabalhar as energias físico/etéricas do planeta, que sejam mais adequadas à nova fase planetária. O reiki e a yoga, por exemplo. Em breve as pessoas estarão trabalhando essas energias de forma direta, sem precisar de dispositivos intermediários como a magia.

DEFUMAÇÃO – fazer defumações periódicas. Na defumação a fumaça do incenso alcança todos os cantos mais escondidos da residência e, através do contato “absorve” as cargas negativas do lugar. Quanto mais fumaça melhor, desde que não sufoque o morador ;-). Depois de defumar o ambiente, abrir bem as janelas para colocar toda a fumaça carregada para fora. É interessante, após da defumação, tomar um banho prolongado, para limpar a aura pessoal. Aconselho acender uma vela. A chama da vela atrai e queima (transmuta) as cargas negativas que ainda restarem. Dependendo da quantidade de carga do ambiente uma defumação talvez não seja suficiente, sendo necessárias varias defumações. Para lugares com desequilíbrio crônico, uma defumação por semana pode ser uma rotina bastante útil.

VELAS – quando sentir o ambiente pesado, acender uma vela. Em casos extremos mantenha uma vela de sete dias sempre acesa. Quando uma esta prestes a acabar já acenda outra. A chama da vela é ótima para transmutar as cargas negativas.

RITUAIS E INVOCAÇÕES – há uma variedade imensa de rituais mágicos, de todas as varias linhas da magia e do esoterismo. Para quem está envolvido no mundo da magia é fácil achar um ritual de limpeza e purificação. Basta realizar o ritual periodicamente. Aconselho a, quando for procurar um ritual, escolher um que seja simples, rápido e prático, para que possa ser realizado a qualquer momento, mesmo durante o corre-corre do dia-a-dia. O uso do pentagrama e a invocação dos elementais pode ser uma boa pedida. Lembrando que, quando for invocar um elemental é preciso estar com o coração puro, pois os elementais não têm cosciência do que é certo ou errado, e quem os invoca deve ter maturidade espiritual para saber conduzi-los para o bem, do contrário ao invés de ajudar pode acabar atrapalhando.

MEDITAÇÃO – é ótima para limpar a aura pessoal e manter o equilíbrio. Dependendo da técnica, ou do “dom”, pode-se utilizar a meditação para impregnar o ambiente com carga positiva. Aconselho a fazer da meditação uma prática constante e diária. Habituar-se a meditar durante 10 ou 15 minutos, todos os dias, pode revelar ser uma ótima forma de manter o nível de energia pessoal estável. Eu costumo meditar de 30 a 60 minutos por dia, dependendo da necessidade ou do tempo disponível. Meditar próximo a árvores é muito revigorante. Não precisa ser um grande parque, qualquer praça ou jardim onde tenha pelo menos uma árvore já serve, mas quanto mais árvores melhor. Se não tiver árvores mas tiver grama ou flores, também serve, mas quanto mais verde e plantas, melhor. A meditação também é ótima para nos manter conectados com a nossa consciência espiritual (eu interior) ou com outras cosciências que podem nos indicar caminhos e mecanismos mais adequados para nosso caso específico, seja quanto a limpeza e defesa astral ou quanto a qualquer outro assunto.

PIRÂMIDES – apesar de, nos últimos 08 anos, ter me empenhado bastante em meu trabalho de desmistificar o estudo das pirâmides, sou obrigado a admitir que, ainda (por enquanto) o grande público vê as técnicas com pirâmides como algo esotérico. Sinal de que ainda há muito trabalho pela frente, até que fique claro que a energia das pirâmides não tem nada de mágico ou esotérico, senão, trata-se apenas de uma energia ainda desconhecida pela ciência oficial, mas cujos efeitos podem ser percebidos indiretamente.

A energia das pirâmides pode ser usada de diversas formas diferentes e para os mais diversos fins. Desde energizar os chacras com pequenas pirâmides de cristal, ou energizar água, colocando em uma jarra, dentro de uma pirâmide, até práticas meditativas feitas dentro ou debaixo de uma pirâmide, ou mesmo dormindo, a noite, dentro de uma pirâmide.

Sim, ao contrário do que muitos dizem, é possível e até recomendável dormir dentro de uma pirâmide, sem riscos de eventuais efeitos negativos. E como prova para tal afirmação tenho meu próprio exemplo, e também o relato de outras pessoas que já fizeram ou fazem ainda esta prática, inclusive o relato de um sr. que afirma dormir há 12 anos dentro de uma pirâmide de cobre, todas as noites.

A energia da pirâmide, de uma forma geral, tem efeito revitalizante, reenergizante, potencializador e equilibrador das bioenergias corporais. Via de regra, uma pessoa que experimenta a energia das pirâmides relata sensação bem-estar, tranquilidade, disposição, entre outras percepções positivas. Pessoas que dormem dentro de pirâmides relatam que o sono é mais profundo e acordam mais descansadas e melhor preparadas para os eventos do dia. Veja mais sobre os possíveis usos e efeitos das pirâmides neste link O Poder das Pirâmides.

BANHOS – gosto de banhos bem quentes e prolongados. Excelente para limpar a aura pessoal. Muitas pessoas costumam tomar banho pela manhã, antes de saírem de casa. Aconselho a tomar banho no final da tarde ou a noite, quando se chega em casa, para limpar a “poeira astral” que trazemos da rua. Isso ajuda a manter um melhor nível energético. Quem gosta de ervas, sal ou outros acessórios, fique a vontade para usá-los. No caso do sal, usar somente do pescoço para baixo, e não com muita frequência, pois é muito agressivo.

REIKI – coloquei o reiki dentro do tópico esotérico apenas porque hoje ainda muitas pessoas vêm essa técnica de cura como algo esotérico. Aplico reiki em minha aura pessoal periodicamente. Recomendo também aplicar reiki no ambiente. Mesmo quem tem apenas o nível 1 pode fazer isso.

PLANTAS – as plantas na verdade não funcionam tanto para a limpeza mas sim como medidores da carga do ambiente. Espalhar várias plantas, por todos os cômodos da residência, pode ser uma ótima forma de verificar o nível de energia do lugar. Se as plantas estão saudáveis e viçosas é porque o nível de energia está alto; se elas estão murchas, começam a secar, não dão flores ou param de crescer é sinal de que alguma coisa está errada e convém fazer um ritual, uma defumação ou aplicação de reiki no ambiente, para puxar a energia do lugar para uma frequência mais alta. Não se esqueça de regar as plantas constantemente e, dependendo do lugar onde elas se encontram, no corredor ou em algum lugar de pouco iluminação e/ou ventilação, fazer um rodízio constante, para que elas não sintam falta de luz e ar para respirar. Plantas também são seres vivos, trate-as com carinho. Lembrar também que, quando chega ao ponto de uma planta ter problemas é porque o ambiente já está com uma carga pesada a vários dias, ou semanas, e portanto o nível de energia deve estar já no limite. O ideal é fazer limpezas constantes para que as plantas estejam sempre viçosas, mostrando que a carga do ambiente está sempre alta.

CRISTAIS – uso pouco os cristais mas sua eficiência é inequívoca. Um cristal á basicamente um concentrador/amplificador programável. Prefiro usar o cristal transparente, que pode ser utilizado e programado para qualquer fim, é mil e uma utilidades. Outras pessoas gostam de usar cristais de cores específicas para fins específicos. O violeta, por exemplo, para transmutar as cargas. Você programa o cristal com a sua vontade (frequência pessoal) e ele permanece 24 horas por dia executando a sua vontade – ou seja, ressoando (repetindo) a frequência que você programou nele – ou pelo tempo que você programar. É uma ferramenta muito útil para casos pontuais, pois ele pode ter uma precisão de ação espantosa. Ótimo para usar junto com a meditação, para amplificar os efeitos desta.

* * *

Zhannko Idhao Tsw

DIREITOS AUTORAIS: Este texto pode ser copiado, por quaisquer meios e para qualquer fim, desde que citada a autoria.

INFORMAÇÃO é mais do que um DIREITO, é um DEVER.

log_pir_47

.

 Gostou? Então Curta nossa página no Facebook.

eu_47 Seja amigo do autor do site no Facebook, e esteja sempre antenado em assuntos interesantes como este.

Anúncios

10 Respostas to “Auto-defesa astral”

  1. Maria José said

    tenho lido muitos artigos, textos, etc…sobre auto-defesa,limpeza astral…mas acho que há tempos ñ lia algo tão bom.Obrigada.

  2. ll said

    limpar a mim e meus filhos e minha casa

  3. Eduardo said

    simples e objetivo, obrigado!

  4. margarida said

    Muito obrigada pela clareza, objectividade e utilidade do seu artigo. c

    Resposta:
    Oi Margarida
    Que bom que você gostou. Espero que seja útil para você. Sua satisfação é minha satisfação.

    Abraço
    Z

  5. Anderson said

    Gostei da forma com que você organizou o texto para três diferentes formas de pensamento (esotérico, religioso, e cético).
    Infelizmente eu duvido que um religioso ou cético daria algum crédito às outras formas de pensamento…
    “Não concordo [embora eu de fato concorde] com o que dizes, mas defendo até a morte o direito de o dizeres” Voltaire

    Resposta:
    Bom dia Anderson

    Como diz outro ditado, não tão nobre, “cada macaco no seu galho”. Saber respeitar o livre arbítrio alheio é uma questão de maturidade. Alguns a têm, outros nem tanto. Mas se queremos ter nosso direito de ter nossas crenças pessoais, devemos respeitar o direito de crenças diferentes de outras pessoas. Direitos iguais para todos.

    Abraço
    Z

  6. nilda said

    Adorei a matéria, pois sou de uma Irmandade Espiritualista, e concordo com todas essas informações

  7. wokini amitabha said

    Obrigado pelo artigo, cheio de energia!!!
    Namaste

    wokini

  8. Mª Dias said

    Adorei! Obrigado pela partilha. Bem haja!

  9. lululala said

    Evite o dreno energético: cubra os chackras (ou a parte atacada)com o material refletivo dos sacos de comidas secas de supermercado (aqueles metálicos brilhantes por dentro) Use roupas e pijamas brancos. Fortaleça a aura: Coma um dente de alho cru por dia (pode fatiar e engolir) Orgonita (Kriptonita de vampiro): resina orgânica+ aparas de metal + cristais

  10. Rosália Guedes said

    Ensinamentos muito instrutivos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: