Piramidal.net

Pirâmide não é magia. É Tecnologia!

  • Pirâmide de cobre C130

  • Pirâmide de alumínio A150

    Pirâmide de alumínio A150

  • Pirâmide de alumínio A150

    Pirâmide de alumínio A150

  • Pirâmide de cobre C150

    Pirâmide de cobre C150

  • Pirâmide de alumínio A130

    Pirâmide de alumínio A130

  • Incenso japones aroma orvalho

    Incenso japones aroma orvalho

  • Incenso japones aroma jasmim

    Incenso japones aroma jasmim

  • Pirâmide de latão fechada

    Pirâmide de latão fechada

  • Fórum sobre jejum, alimentação prânica (viver de luz) e temas relacionados

Posts Tagged ‘robô’

Robô vai explorar interior da pirâmide de Quéops

Posted by luxcuritiba em abril 20, 2008

banner

01/12/2006

Um robô arqueólogo será enviado para explorar o interior de Quéops, a maior pirâmide egípcia, na tentativa de decifrar mistérios revelados por uma primeira incursão mais de quatro anos atrás, informou o encarregado de antiguidades egípcias, Zahi Hawass, nesta quinta-feira.

“O novo robô seria enviado a passagens subterrâneas muito estreitas na chamada câmara da rainha, onde o primeiro robô foi enviado em 2002”, disse Hawass, que chefia o Conselho Supremo de Antiguidades egípcio.

Equipes egípcias e cingapurianas e um grupo conjunto da Grã-Bretanha e de Hong Kong planejam inserir o robô em fevereiro próximo dentro da pirâmide de Quéops, em Gizé, perto do Cairo.

Equipado com câmeras minúsculas, o robô será enviado para a câmera nas passagens norte e sul na esperança de descobrir o que está por trás das paredes – ou portas – mostradas durante a primeira expedição robótica, em setembro de 2002.

Naquela época, o robô foi enviado para o eixo norte, saindo da câmara da rainha, sendo bloqueado a 65 metros da câmara por “uma parede de pedra ou porta”.

Ele também revelou a existência de uma obstrução similar na mesma distância na passagem sul.

O robô perfurou um buraco minúsculo neste bloqueio grande o suficiente para inserir uma micro-câmera que revelou uma cavidade repleta de pedras, ela mesma fechada no lado oposto por outra parede ou porta.

Arqueólogos sempre esperaram descobrir pistas que pudessem levá-los a encontrar a tumba de Quéops. O faraó reinou mais de 2,5 mil anos antes de Cristo e a pirâmide a ele consagrada é a maior já construída no Egito.

Fonte: http://tecnocientista.info/noticia_detalhe.asp?cod=3781

log_pir_47

.

 Gostou? Então Curta nossa página no Facebook.

eu_47 Seja amigo do autor do site no Facebook, e esteja sempre antenado em assuntos interesantes como este.

Posted in Textos sobre pirâmides | Etiquetado: , , , | Leave a Comment »

Robô encontra obstáculo na Pirâmide de Quéops

Posted by luxcuritiba em abril 20, 2008

piramidal.net | lojapiramidal.com

compartilhar

17 de setembro, 2002

As esperanças de se desvendar os segredos dos faraós encontraram um obstáculo nesta terça-feira, depois que um robô enviado ao coração da Grande Pirâmide do Egito (Quéops), na periferia do Cairo, encontrou o caminho fechado.

A operação estava sendo transmitida ao vivo por um canal de TV quando o robô em miniatura engatinhou cerca de 65 metros por um túnel estreito, com o objetivo de explorar um local misterioso bloqueado por uma pedra calcária.

Quando o robô chegou à porta, ele fez um pequeno furo nela, inserindo uma câmera de fibra óptica para filmar a região.

Mas os construtores das pirâmides sabiam guardar bem os seus segredos, pois a câmera esbarrou em uma outra porta, que não era vista havia mais de 4 mil anos.

Robô

O robô, que tem apenas 12 centímetros, vai precisar passar por outros obstáculos até conhecer o segredo dos faraós.

Zahi Hawass, o diretor do Conselho Supremo de Antigüidades do Egito (SCA, na sigla em inglês), disse que o próximo trabalho dos cientistas consistirá em elaborar novas formas de explorar o local, o que pode durar até um ano.

O SCA, juntamente com engenheiros da empresa norte-americana iRobot e produtores da National Geographic, levaram um ano preparando o projeto.

“Eu gostei do momento da descoberta. Não ficamos desapontados, fomos bem-sucedidos em nossa missão”, explicou Tim Kelly, presidente da divisão de documentários da National Geographic.

A Grande Pirâmide de Khufu (Keops para os gregos) é a maior da família das três pirâmides no Planalto de Giza, próximo ao Cairo, uma das atrações turísticas mais visitadas do mundo.

No interior da pirâmide, saindo do Quarto da Rainha, há um túnel misterioso de 20 centímetros de espessura.

Em 1993, um arqueólogo alemão enviou um pequeno protótipo robótico no interior do túnel armado com uma câmera de fibra óptica.

O robô viajou cerca de 60 metros até esbarrar na porta que foi explorada nesta terça-feira.

Fonte: http://www.bbc.co.uk/portuguese/ciencia/020917_piramidemtc.shtml

Piramidal no Facebook
.
●●● Gostou? Então curta nossa página no Facebook.
.
Autor
●●●
 Seja amigo do autor do site no Facebook e esteja sempre antenado em assuntos interessantes.

Posted in Textos sobre pirâmides | Etiquetado: , , , | 1 Comment »

Radar e robô para revelar os últimos segredos das pirâmides

Posted by luxcuritiba em abril 19, 2008

24/08/04 – As autoridades egípcias anunciaram este fim de semana que utilizarão um radar e um robô de alta tecnologia num ambicioso projeto para desentranhar os últimos mistérios que a base das três pirâmides de Giza esconde.

As duas novidades serão os protagonistas do “plano global” que o Conselho Supremo de Antigüidades (CSA) fará em 2005 para descobrir o muito que ainda pode estar oculto nesse planalto, nos arredores do Cairo e o lugar mais visitado do mundo.

O trabalho do robô, que está sendo desenvolvido e fabricado numa universidade de Cingapura, será mostrar o lugar exato da câmara funerária do faraó Keops nos escuros labirintos de seu colossal túmulo, a Grande Pirâmide que leva seu nome.

Em 1992 e 2002, outros dois robôs entraram na Grande Pirâmide de Keops, mas fracassaram em decifrar o enigma que confundiu os mais prestigiados egiptólogos, não podendo localizar as coordenadas da câmara.

Já o radar será usado para rastrear o patrimônio arqueológico que ainda permanece sepultado em Giza. Pelo sul será feita uma varredura que se estenderá até Maidum, a cem quilômetros da capital egípcia. Já pelo norte acontecerá até Abu Rawash, a trinta quilômetros do Cairo.

“O ano de 2005 será dedicado à base das pirâmides de Giza, e acreditamos que anunciaremos inúmeros e surpreendentes achados arqueológicos graças ao uso do radar”, disse com otimismo o secretário-geral do CSA, Zahi Hawas, cérebro do projeto.

Hawas revelou que continuam acontecendo descobertas ininterruptamente na região, onde recentemente foi achado o túmulo de um nobre que data do Período Saita, entre 664 e 525 antes de Cristo.

“Escavamos dez metros de profundidade e ainda temos que tirar mais dez de terra para desenterrar o mausoléu, no qual já achamos 408 estatuetas obatchi, que eram colocadas ao redor das múmias para sua proteção na outra vida”, precisou.

Um dos mais prestigiados arqueólogos da área das pirâmides de Giza, Mansour Furaig, também ressaltou em declarações à EFE a importância do plano de rastreamento, que pode dirigir a escavação de inumeráveis vestígios ainda ocultos pela areia.

Furaig lembrou que Giza foi um lugar de sepultamento privilegiado há quase cinco mil anos, quando o rei Cineforo, fundador da IV dinastia faraônica e primeiro construtor das pirâmides em sua forma arquitetônica conhecida, mandou fazer na área um cemitério monumental.

Além das três pirâmides erguidas depois ali por Keops, Kefren e Micerinos, os mais célebres sucessores de Cineforo, a região está repleta de tumbas de rainhas, príncipes, ministros, nobres e altos funcionários, tendo sido a área que acolheu a Grande Necrópoles de Menfis, a capital do conhecido como Império Antigo.

As expectativas de revelar a última morada de tantos personagens ilustres são também alimentadas pelo descoberta na última década dos enterros dos contrutores das famosas pirâmides, de magistral forma geométrica, e dos templos funerários da região.

O arqueólogo norte-americano Mark Liner descobriu em 1992, num setor próximo às bases e alicerces da “cidade”, o lugar onde esses trabalhadores descansavam, comiam e dormiam após uma cansativa jornada de trabalho.

O objetivo de tanto esforço era garantir a imortalidade dos defuntos, algo que de certa forma aqueles operários conseguiram ao construir as pirâmides de Giza, a única das Sete Maravilhas do Mundo – tal como se denominava na Antigüidade os maiores prodígios arquitetônicos do planeta -, que segue de pé.

Terra Arqueologia

Fonte: www.ufogenesis.com.br

log_pir_47

.

 Gostou? Então Curta nossa página no Facebook.

eu_47 Seja amigo do autor do site no Facebook, e esteja sempre antenado em assuntos interesantes como este.

Posted in Textos sobre pirâmides | Etiquetado: , , , , | Leave a Comment »

 
%d blogueiros gostam disto: