Piramidal.net

Tudo o que você sempre quis saber sobre pirâmides.

  • Pirâmide de cobre C130

  • Pirâmide de alumínio A150

    Pirâmide de alumínio A150

  • Pirâmide de alumínio A150

    Pirâmide de alumínio A150

  • Pirâmide de cobre C150

    Pirâmide de cobre C150

  • Pirâmide de alumínio A130

    Pirâmide de alumínio A130

  • Incenso japones aroma orvalho

    Incenso japones aroma orvalho

  • Incenso japones aroma jasmim

    Incenso japones aroma jasmim

  • Pirâmide de latão fechada

    Pirâmide de latão fechada

  • Fórum sobre jejum, alimentação prânica (viver de luz) e temas relacionados

Revolução na neurociência: Neurônios do cérebro não morrem com a idade

Posted by luxcuritiba em maio 12, 2018

piramidal.net | lojapiramidal.com

compartilhar

Cérebro se renova em qualquer idade

A teoria científica atualmente aceita estabelece que os adultos não desenvolvem novos neurônios.

É por isso que os cientistas dizem que a memória começa a falhar na velhice, porque nenhum novo neurônio nasceria no hipocampo, uma parte do cérebro responsável pela memória, emoção e cognição.

Contudo, a Dra Maura Boldrini, da Universidade de Colúmbia e do Instituto de Psiquiatria do Estado de Nova York (EUA) afirma que toda a pesquisa científica anterior, que embasava essas conclusões, “pode ser jogada pela janela!”

De fato, parece que o cérebro humano nunca pára de se renovar – homens e mulheres idosos saudáveis podem gerar tantas novas células cerebrais quanto as pessoas jovens.

Neurônios nascem na velhice

A equipe chegou a essa conclusão revolucionária depois de examinar os cérebros de 28 pessoas previamente saudáveis, entre 14 e 79 anos, que morreram subitamente por acidentes. O que se revelou é que pessoas com 79 anos tinham tantos novos neurônios se formando no hipocampo quanto aquelas que tinham 14 anos. Na verdade, alguns cérebros de pessoas mais velhas produziam mais células cerebrais novas do que os cérebros de algumas pessoas mais jovens.

Isso indica que os idosos permanecem mais cognitiva e emocionalmente saudáveis do que se acreditava – ou seja, as perdas cognitivas e de memória na velhice não devem ser consideradas “naturais”, devendo haver mecanismos que as expliquem, sobretudo porque nem todos os idosos apresentam essas deficiências.

“Todos conhecemos pessoas que estão na casa dos 90 e poucos anos e estão afiadas,” disse a Dra Boldrini. Até certo ponto, sua pesquisa discutindo as teorias aceitas até agora, de que os neurônios parariam de se desenvolver depois da adolescência, explica por que isso é possível.

Menos vasos sanguíneos

Essa mudança de paradigma na neurociência foi possível porque esta é a primeira pesquisa publicada na qual os neurônios recém-formados e o estado dos vasos sanguíneos dentro do hipocampo humano inteiro foram estudados logo após a morte em pessoas de diferentes idades gozando de plena saúde. A equipe se certificou de que as pessoas do estudo não eram cognitivamente deficientes e não sofriam de depressão ou tomavam antidepressivos, já que essas condições podem afetar a produção de novas células cerebrais.

Contudo, a análise também revelou que há menos vasos sanguíneos e menos conexões entre as células do cérebro das pessoas mais velhas – quanto mais idoso o indivíduo, menos novos vasos sanguíneos ele forma.

A equipe pretende agora comparar os cérebros perfeitamente saudáveis com os cérebros de doentes, em busca de explicações para doenças neurodegenerativas e novos tratamentos para condições psicológicas e neurológicas, como Alzheimer e Parkinson.

Como manter seu cérebro jovem

Exercício físico

Quando você ouve a frase “treinar seu cérebro”, você provavelmente não pensa em levantar pesos. Acontece que o exercício físico é uma das melhores coisas que você pode fazer para o seu corpo e seu cérebro.

Os benefícios cerebrais do exercício são duplos. Primeiro, o cérebro é um consumidor voraz de glicose e oxigênio, sem capacidade de armazenar o excesso para uso posterior. Um fornecimento contínuo desses nutrientes é necessário para manter um ótimo funcionamento.

O exercício físico aumenta o fluxo sanguíneo para o cérebro, proporcionando um aumento de oxigênio fresco e glicose para células cerebrais famintas. Um estudo de 2014 mostrou que apenas 30 minutos de exercício moderado são suficientes para aumentar o funcionamento cognitivo em cérebros adultos de todas as idades.

Mas os benefícios não param por aí. Acredita-se que o exercício estimule a neuro-gênese do hipocampo: crescimento de novas células na região do cérebro associado à memória de longo prazo e emoções. O crescimento de células saudáveis ​​nesta região é importante para o envelhecimento do cérebro e acredita-se que ajuda a prevenir o declínio cognitivo associado à doença de Alzheimer e à demência.

Use técnicas de redução de estresse

O nosso mundo moderno é dominado pelo estresse, daí a necessidade de relaxar ser fácil de entender. O que você pode não estar ciente, é o quanto prejudicial pode ser para o seu cérebro a imersão contínua em hormônios de estresse de luta ou fuga.

O estresse é um dos principais fatores no declínio cognitivo relacionado à idade. Isso faz com que o nosso envolvimento em atividades regulares de lazer não seja apenas visto como uma coisa divertida para se fazer, mas antes, deve ser encarado como um passo importante para garantir uma saúde cerebral ideal.

Você não precisa procurar muito para encontrar formas de reduzir o estresse. Deixe os seus interesses guiá-lo. A chave para escolher passatempos cérebro-saudáveis ​​é evitar atividades passivas, como assistir TV e, em vez disso, escolher passatempos estimulantes que envolvem o cérebro através de padrões, quebra-cabeças e problemas.

fontes:
http://www.diariodasaude.com.br

http://www.osteopatanunoverissimo.com

Piramidal no Facebook
.
●●● Gostou? Então curta nossa página no Facebook.
.
Autor
●●●
 Seja amigo do autor do site no Facebook e esteja sempre antenado em assuntos interessantes.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s