Piramidal.net

Tudo o que você sempre quis saber sobre pirâmides.

  • Pirâmide de cobre C130

  • Pirâmide de alumínio A150

    Pirâmide de alumínio A150

  • Pirâmide de alumínio A150

    Pirâmide de alumínio A150

  • Pirâmide de cobre C150

    Pirâmide de cobre C150

  • Pirâmide de alumínio A130

    Pirâmide de alumínio A130

  • Incenso japones aroma orvalho

    Incenso japones aroma orvalho

  • Incenso japones aroma jasmim

    Incenso japones aroma jasmim

  • Pirâmide de latão fechada

    Pirâmide de latão fechada

  • Fórum sobre jejum, alimentação prânica (viver de luz) e temas relacionados

A Pirâmide

Posted by luxcuritiba em novembro 14, 2010

banner

A Pirâmide

A pirâmide adotada como instrumento de desenvolvimento do poder psíquico é geralmente uma miniatura da Grande Pirâmide erigida pelo rei Khufu perto do Cairo, no Egito, no ano 2600a.C. Como já observado, ao que tudo indica suas propriedades não variam em função do tamanho, da solidez e do material empregado na construção. Na nossa pesquisa, usamos pirâmides de papel, de vidro, cristal, madeira, metal, âmbar, mármore, alabastro e plástico, todas aparentemente com a mesma eficácia. Embora, para fins experimentais, alinhássemos um lado da pirâmide em conformidade com a bússola, os sujeitos da experiência acabavam por descobrir que essa providência não era essencial para sua utilização como instrumento.

A eficácia da pirâmide permanece um mistério. Há os que acreditam que seu poder dependa apenas da expectativa de efeito. Por esse prisma, as energias que investimos no instrumento e os resultados que esperamos dele lhe determinam a eficácia. Essa visão enfatiza a importância dos procedimentos que realçam os resultados esperados. Nesse contexto, a pirâmide é valiosa porque constitui um ponto concreto de convergência das nossas expectativas, o que lhes conferiria a faculdade de energizar.

De acordo com outra perspectiva, a pirâmide é um instrumento dotado de poder próprio, e não um objeto inerte, um simples meio para se atingir um fim. Essa forma de ver a pirâmide, que se costuma chamar de poder da pirâmide, tem por base a idéia de que sua mera presença, mesmo sem que tenhamos consciência dela, é capaz de energizar. Nesse caso, acredita-se que a pirâmide gera energia ou canaliza a energia de uma outra fonte. De um modo ou de outro, atribui-se à pirâmide a propriedade de energizar por si mesma, independente de interferência externa. Admite-se, contudo, que a nossa participação ativa pode ampliar significativamente sua eficácia.

Existem provas consideráveis que fundamentam essa visão do poder da pirâmide. Nos nossos estudos, verificamos que as vendas de uma loja de artigos esportivos aumentaram de modo substancial quando esconderam uma pequena pirâmide numa caixa discretamente colocada sobre a porta de entrada. Resultados idênticos foram obtidos numa loja de artigos para presente e numa videolocadora. Em outro exemplo, o fundador de uma empresa de engenharia, cujo crescimento espantoso lhe valera grande fama, revelou que, durante a construção de sua sede, havia colocado estrategicamente uma pirâmide de metal no concreto dos alicerces. E comentou: “Eu não era exatamente um crente, mas pensei: ‘O que tenho a perder?'” Hoje, ele credita em grande parte o sucesso de sua multimilionária empresa à pirâmide. Num campo diferente, um psicólogo percebeu que, quando ocultava uma pequena pirâmide de cristal sob a mesa de centro da sala de terapia em grupo, a participação e a interação positiva dos pacientes invariavelmente aumentavam.

Muito da nossa pesquisa com pirâmides focalizou seus efeitos sobre várias funções mentais, principalmente o aprendizado e a memória. Nossos estudos com universitários demonstraram que o índice de aprendizado por livre associação de sílabas eleva-se rapidamente quando colocávamos uma pequena pirâmide de vidro na sala de aula. Além disso, tanto a lembrança de fatos recentes quanto a de fatos remotos melhoravam quando a pirâmide estava presente. Mesmo quando os alunos não tinham conhecimento da sua presença, observava-se uma significativa melhora tanto do aprendizado quanto da capacidade de memorização. Contudo, progressos ainda mais notáveis ocorriam quando se contava aos sujeitos que havia uma pirâmide ali. Os resultados mais favoráveis eram obtidos quando eles eram informados não só da presença da pirâmide como também dos efeitos de energização esperados.

Muitos dos nossos sujeitos, tendo participado das pesquisas sobre pirâmides, começaram a usá-la no cotidiano. Vários deles empregaram-na como apoio para o estudo nos cursos de graduação e pós-graduação. Um aluno de química descobriu que, quando segurava uma pequena pirâmide de vidro ou a pousava sobre a escrivaninha na época das provas, guardava melhor na memória o conteúdo estudado. Outra participante voluntária das nossas experiências, hoje psicoterapeuta, adotou uma pequena pirâmide de quartzo como a sua “parceira sábia”: “A pirâmide me acompanhou ao longo de todo o curso na faculdade e agora é minha ‘co-terapeuta’.” Regularmente ela se vale da pirâmide como suporte para a indução hipnótica e para meditação. Outro sujeito, hoje advogado, relata que uma miniatura em cristal da pirâmide, que ele continua a carregar no bolso, ajudou-o a escapar da recuperação no curso de ciências políticas e a iniciar uma espiral de realizações desde a faculdade de direito até sua bem-sucedida carreira jurídica.

Além disso, há fortes evidências de que a pirâmide pode servir de instrumento para estimular a criatividade, uma função que, embora não tenha limites, está sujeita a bloqueios. A pirâmide pode desbloquear o nosso potencial e inspirar a expressão criativa. Esse fato foi ilustrado por um aluno do curso de artes que, acreditando ter esgotado sua capacidade de imaginação, usou a pirâmide de cristal para conceber idéia para novos quadros. Ele a usava para induzir um estado meditativo, durante o qual visualizava as imagens que pintaria sobre uma grande pirâmide.

Pesquisas recentes apontam numerosas aplicações da pirâmide, inclusive como instrumento para manutenção da saúde e da boa forma física. Nossos estudos mostraram que a simples visualização da pirâmide, independente de sua presença física, pode promover tranquilidade e higidez mental. Além disso, há fortes indícios de que a mera presença da pirâmide pode acelerar o processo de cura. Quando se adotam procedimentos sistemáticos, as propriedades terapêuticas da pirâmide parecem quase ilimitadas. Dentre os exemplos destacam-se o controle do peso, o abandono do hábito de fumar, a resistência a doenças e a superação dos transtornos derivados do stress.

O Poder da Pirâmide

Por vários motivos, a pirâmide é particularmente importante para o estudo da aura humana. Nas primeiras investigações acerca desse instrumento, descobrimos que basta tocarmos na pirâmide para energizarmos e expandirmos a aura. Com o acréscimo de imagens apropriadas, notamos um aumento significativo da energização. Com base nessas observações, desenvolvemos a Técnica da Energia da Pirâmide, estratégia criada com a finalidade específica de energizar, expandir e fortalecer todo o sistema áurico. Pode-se utilizar uma pirâmide de qualquer tamanho ou material.

1a Etapa. Preparação e Orientação. Coloque a pirâmide com uma das faces virada para você, numa altura que lhe permita observá-la confortavelmente. Depois de centralizar toda a atenção na pirâmide, esvazie a mente e deixe o corpo relaxar. Dê a si mesmo permissão para se energizar pelo uso da pirâmide como instrumento.

2a Etapa. Ligação Cósmica. Visualize uma poderosa haste de energia ligando o vértice da pirâmide à fonte máxima de energia – o núcleo do cosmo. Visualize a pirâmide carregada de uma brilhante energia cósmica que se irradia em todas as direções.

3a. Etapa. Transferência de Energia. Para entrar em contato com a fonte cósmica de energia, erga as mãos sobre dois lados opostos da pirâmide, com as palmas voltadas para ela. Sem tocá-las, sinta sua energia cálida e vibrante ressonando em suas palmas e espalhando uma energia nova e brilhante por todo o corpo físico.

4a. Etapa. Energização do Núcleo. Concentre-se no pleno solar, onde se encontra o seu núcleo energético. Visualize o núcleo do seu ser à medida que a energia da pirâmide o preenche.

5a. Etapa. Energização da Aura. Sinta a vibrante energia que emana do seu núcleo e se irradia por toda a aura, energizando todo o seu ser. Visualize a aura expandindo e refulgindo de energia.

6a. Etapa. Revisão Por Meio de Imagens. Enquanto a poderosa infusão de energia prossegue, reveja a sequência de energização do procedimento:

(A) Visualize novamente a energia cósmica entrando pelo vértice da pirâmide.

(B) Visualize a pirâmide repleta de energia cósmica e irradiando-a em todas as direções.

(C) Sinta a energia da pirâmide entrando na palma das suas mãos e em seguida sendo transmitida ao núcleo do seu sistema energético.

(D) Sinta o seu núcleo irradiando uma poderosa energia para todo o sistema áurico.

7a. Etapa. Afirmação. Junte as mãos em posição de prece e, de olhos fechados, afirme: “Mental, física e espiritualmente estou em equilíbrio e em sintonia com o universo. Estou repleto de energia brilhante e positiva. Estou energizado!”

Esse exercício pode ser facilmente adaptado para grupos, bastando que seus integrantes fiquem em círculo ao redor da pirâmide. O procedimento também pode ser modificado para acrescentar cor à aura ou para sanar deficiências específicas. Para acrescentar uma cor em particular, visualize a energia na cor desejada saindo da pirâmide, entrando pela palma das mãos e distribuindo-se pelo sistema áurico ou concentrado-se na região escolhida. Para energizar uma área deficiente da aura, envie-lhe mentalmente a energia brilhante do seu núcleo energético.

Para manter a saúde e a forma física, o procedimento pode dirigir para regiões ou órgãos específicos do corpo a energia cósmica de cura transmitida pela pirâmide. É possível acelerar a cura e controlar a dor associando afirmações positivas e imagens da energia salutar provinda da pirâmide sob a forma de raios de luz e concentrando-se na área afetada. Para conferir luminosidade à aura, o que é essencial sempre que a meta está ligada à saúde e à boa forma física, as frequencias de energia emitidas pela pirâmide  e concentradas no núcleo da aura devem distribuir-se generosamente pelo corpo, envolvendo os órgãos e sistemas com nova vitalidade e energia.

A Técnica da Energia da Pirâmide pode proporcionar benefícios terapêuticos importantes, como bem ilustra um gerente de vendas que a utilizou para superar o medo de avião. Depois de algumas sessões, ele guardou uma pequena pirâmide de cristal no bolso e cruzou o país de uma ponta à outra de avião sem nenhum medo. “Pela primeira vez na minha vida”, recordou, “eu realmente gostei de voar.” Agora livre da fobia, viaja regularmente de avião, mas sempre levando a pequena pirâmide que ele chama de seu “sistema de apoio à vida”.

Nas nossas pesquisas, crianças com dificuldade de concentração ou hiperativas mostraram um progresso substancial em sua capacidade de manter a atenção e seguir instruções ao adotarmos uma versão desse procedimento adaptada para a sua faixa etária. Também foram observadas melhorias em adultos com síndrome do pânico, que haviam restringido drasticamente suas atividades diárias. De imediato, as crises diminuíram de intensidade e, com a repetição contínua da técnica, acabaram por cessar.

“A energia da aura”, Joe H. Slate, Editora Pensamento, São Paulo-SP, 1998, pp. 150-155.

log_pir_47

.

 Gostou? Então Curta nossa página no Facebook.

eu_47 Seja amigo do autor do site no Facebook, e esteja sempre antenado em assuntos interesantes como este.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: