Piramidal.net

Tudo o que você sempre quis saber sobre pirâmides.

  • Pirâmide de cobre C130

  • Pirâmide de alumínio A150

    Pirâmide de alumínio A150

  • Pirâmide de alumínio A150

    Pirâmide de alumínio A150

  • Pirâmide de cobre C150

    Pirâmide de cobre C150

  • Pirâmide de alumínio A130

    Pirâmide de alumínio A130

  • Incenso japones aroma orvalho

    Incenso japones aroma orvalho

  • Incenso japones aroma jasmim

    Incenso japones aroma jasmim

  • Pirâmide de latão fechada

    Pirâmide de latão fechada

  • Fórum sobre jejum, alimentação prânica (viver de luz) e temas relacionados

Cientistas localizam bússola em nosso cérebro responsável por nossa orientação no espaço

Posted by luxcuritiba em março 19, 2015

piramidal.net | lojapiramidal.com

2010-335280677-2010061022291.jpg_20100610

compartilhar

Pesquisa dá mais um passo em direção a medicamentos que possam conter a doença neurodegenerativa

A bússola interna do cérebro, que diz a direção a seguir, foi encontrada por cientistas usando um aparelho de ressonância magnética que mede a atividade do nervo dentro da cabeça. Os pesquisadores descobriram que uma região do cérebro conhecida como o complexo entorrinal é responsável por fazer os cálculos fundamentais de como navegar de um lugar para outro — característica crítica de sentido de direção.

Este é mais um passo para a criação de medicamentos que contenham o mal de Alzheimer, já que o córtex entorrinal é uma das primeiras partes do cérebro afetadas pela doença. Este ano os pesquisadores John OKeefe, May-Britt Moser e Edvard Moser ganharam o Prêmio Nobel de Medicina justamente pela descoberta dos conjuntos de células nervosas que formam, no cérebro humano, um sistema de posicionamento espacial, uma espécie de GPS interno que permite a orientação no espaço.

Ao demonstrar como o cérebro identifica onde o indivíduo está e como ele é capaz de orientar a movimentação de um lugar para outro, os laureados com o Nobel começaram a explicar por que pessoas com Alzheimer muitas vezes não conseguem reconhecer seu entorno.

Essa nova pesquisa testou 16 voluntários saudáveis, que foram convidados a navegar em torno de um ambiente “virtual” simples na tela do computador, e revelou que o córtex entorrinal ficou significativamente mais ativo do que outras regiões do cérebro durante esse processo, de acordo com o estudo publicado na revista “Current Biology”.

http://oglobo.globo.com

Piramidal no Facebook
.
●●● Gostou? Então curta nossa página no Facebook.
.
Autor
●●●
 Seja amigo do autor do site no Facebook e esteja sempre antenado em assuntos interessantes.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: