Piramidal.net

Tudo o que você sempre quis saber sobre pirâmides.

  • Pirâmide de cobre C130

  • Pirâmide de alumínio A150

    Pirâmide de alumínio A150

  • Pirâmide de alumínio A150

    Pirâmide de alumínio A150

  • Pirâmide de cobre C150

    Pirâmide de cobre C150

  • Pirâmide de alumínio A130

    Pirâmide de alumínio A130

  • Incenso japones aroma orvalho

    Incenso japones aroma orvalho

  • Incenso japones aroma jasmim

    Incenso japones aroma jasmim

  • Pirâmide de latão fechada

    Pirâmide de latão fechada

  • Fórum sobre jejum, alimentação prânica (viver de luz) e temas relacionados

Pesquisador controla movimento de colega através do pensamento

Posted by luxcuritiba em setembro 6, 2013

banner

29.08.2013 ]

telemovimento-1

Usando uma interface neural, Rajesh Rao enviou um sinal cerebral que fez com que o dedo de Andrea Stocco se movesse sozinho.

Os dois são pesquisadores da Universidade de Washington (EUA), onde foi realizado o experimento pioneiro e histórico.

Eles estavam em laboratórios diferentes, e o sinal neural foi enviado por meio de uma conexão da internet.

Telepatia artificial

Este é o primeiro experimento demonstrando a viabilidade daquilo que os pesquisadores chamam de “telepatia artificial”, a comunicação mente a mente usando a tecnologia como meio de transmissão.

Há alguns meses, a equipe do brasileiro Miguel Nicolelis fez história ao usar uma interface neural para interligar o cérebro de animais.

Agora, o mesmo foi feito com sucesso entre dois seres humanos.

“A internet foi uma maneira de conectar computadores e, agora, ela pode se tornar uma maneira de conectar cérebros,” disse Stocco. “Queremos pegar o conhecimento de um cérebro e transmiti-lo diretamente de cérebro a cérebro.”

Na verdade, essa pretensão de transmitir conhecimento está longe de se tornar realidade – o que os pesquisadores fizeram foi transmitir registros motores, intenções de movimento, e não ideias ou memórias.

Conexão cérebro a cérebro

telemovimento-2

No experimento, um dos pesquisadores (Rao) usou um capacete com sensores ligados a um equipamento de eletroencefalografia, que lê a atividade elétrica do cérebro.

O outro pesquisador (Stocco), localizado em outro laboratório na mesma universidade, usava um capacete de natação onde estavam marcados os pontos equivalentes à posição dos sensores no capacete de Rao.

Esses pontos eram alvos para uma bobina de estimulação magnética transcraniana, que ativa áreas específicas do cérebro – neste caso, o córtex motor, que controla o movimento das mãos.

A equipe usou uma conexão Skype para coordenar as ações entre os dois laboratórios, embora nem Rao e nem Stocco pudessem ver as telas dos computadores – o que poderia fazê-los imitar os movimentos um do outro.

Rao olhou para a tela do computador e jogou mentalmente um jogo simples. Quando ele deveria disparar um canhão em um alvo, ele imaginou mover a mão direita para clicar no botão de disparo, tomando cuidado para não mover realmente sua mão.

Quase instantaneamente, Stocco, que usava fones de ouvido com cancelamento de ruído e não olhava para a tela de computador, involuntariamente moveu seu dedo indicador direito para empurrar a barra de espaço no teclado à sua frente dele, como se estivesse disparando o canhão.

Stocco comparou a sensação de mover seu dedo involuntariamente com a de um tique nervoso.

Emocionante e assustador

“Foi ao mesmo tempo emocionante e assustador ver uma ação imaginária do meu cérebro ser traduzida em uma ação efetiva por um outro cérebro,” disse Rao.

“Este foi basicamente um fluxo unidirecional de informações do meu cérebro para o dele. O próximo passo é ter uma conversação mais equitativa, nos dois sentidos, diretamente entre os dois cérebros,” completou.

Mas o pesquisador alerta esta tecnologia só lê certos tipos simples de sinais cerebrais, não os pensamentos de uma pessoa. E não dá a ninguém a capacidade de controlar suas ações contra a sua vontade.

http://www.diariodasaude.com.br

log_pir_47

.

Gostou? Então Curta nossa página no Facebook.

eu_47 Seja amigo do autor do site no Facebook, e esteja sempre antenado em assuntos interesantes como este.

Anúncios

Uma resposta to “Pesquisador controla movimento de colega através do pensamento”

  1. joao pimentel said

    grande besteira e enganação ,o que esta acontecendo não é telepatia coisa nenhuma e apenas um movimento involuntário ocasionado por um impulso elétrico qualquer e no nesse caso o estimulo esta sendo transferido .nada a ver com telepatia aqui no brasil também tem uns caras fazendo isso em Natal RN …tadim deles e de vcs…tão longe …como se diz tá frio!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: