Piramidal.net

Tudo o que você sempre quis saber sobre pirâmides.

  • Pirâmide de cobre C130

  • Pirâmide de alumínio A150

    Pirâmide de alumínio A150

  • Pirâmide de alumínio A150

    Pirâmide de alumínio A150

  • Pirâmide de cobre C150

    Pirâmide de cobre C150

  • Pirâmide de alumínio A130

    Pirâmide de alumínio A130

  • Incenso japones aroma orvalho

    Incenso japones aroma orvalho

  • Incenso japones aroma jasmim

    Incenso japones aroma jasmim

  • Pirâmide de latão fechada

    Pirâmide de latão fechada

  • Fórum sobre jejum, alimentação prânica (viver de luz) e temas relacionados

Lâmpadas, Luz, Sol e Saúde, e Biofótons

Posted by luxcuritiba em julho 14, 2011

banner

Falando sobre a questão das lâmpadas e cia. Acredito que é possível resumir o tema da seguinte forma:

1. O Sol é nossa principal fonte de luz, luz necessária para a vida e a saúde (não só luz visível aliás, uma gama de radiações).
2. O Sol emite vários tipos da radiação, e muitas dessas radiações são filtradas pela atmosfera do planeta (como os raios-X).
3. As lâmpadas emitem vários tipos de radiação, porém, não emitem o espectro solar completo, ou seja, há radiações em frequencias específicas, que o Sol emite, mas as lâmpadas de iluminação artificial não. Isso pode nos deixar com falta de algumas frequencias que podem ser necessárias para a vida e saúde de nossos corpos.
4. As lâmpadas podem emitir alguns tipos de radiação que sejam prejudiciais para nós.

Referente ao item 4, complemento que, cada tipo de lâmpada emite um tipo ou conjunto de radiações diferentes. Há lâmpadas projetadas especificamente para um tipo específico de radiação, como as lâmpadas de luz ultravioleta, a chamada luz negra, usada muitas vezes em boates e danceterias. Então, lâmpadas incandescentes emitem um certo conjunto de radiações, lâmpadas fluorescentes emitem outro conjunto de radiações, lâmpadas LEDs, néon, halógenas, idem, etc. Não tenho informação sobre o espectro de emissão de radiação de cada tipo de lâmpada mas seria interessante pesquisar isso. Será que estas lâmpadas não emitem raios-X ou alguma outra radiação prejudicial? Esses dias estava pensando, quem trabalha com solda elétrica precisa usar uma proteção de chumbo por causa dos raios-X que são emitidos pelo raio voltaico da solda, que é cancerígeno e leva a impotência sexual, no longo prazo. Mas as recém laçadas lâmpadas LED usam um princípio bastante parecido de funcionamento, ou seja, a luz do LED vem de uma pequena descarga elétrica que acontece dentro do LED, em correntes e voltagens muito menores claro, mas será que leds não emitem raios-X? E se afirmativo, qual a quantidade e se essa quantidade é realmente inofensiva. Normalmente nós pensamos nas lâmpadas apenas como emissoras de luz visível, mas na verdade elas emitem toda uma gama da radiações. Talvez seja hora de começarmos e pensar e nos preocupar com isso.

Muitos talvez não saibam, mas o Sol não emite só radiações “boas”, ele também emite radiações que, se chegassem à superfície do planeta exterminaria a vida quase instantaneamente, como os raios-X. Felizmente nós temos uma camada de atmosfera e um campo eletromagnético que filtram muitas dessas radiações e deixam passar somente aquilo de que precisamos. Porém, lâmpadas artificiais não têm atmosfera né. Então toda a radiação que elas emitem, seja boa ou não, vem diretamente até nós.

Veja alguns tipos de lâmpadas vendidas hoje no comércio: http://www.cliquearquitetura.com.br/portal/dicas/view/tipos-de-lampadas/45

Além das radiações visíveis ou detectáveis, emitidas pelo Sol, possivelmente há ainda radiações ou emanações que a ciência atual desconhece. No livro “A vida secreta das plantas” é relatada uma experiência na qual o pesquisador descobriu que a planta dormideira, aquela que quando a gente bate nela ela fecha as folhas, é ativada e desativada pelo Sol. Ou seja, quando o Sol nasce, ela abre suas folhas, e quando o Sol se põe, ela fecha suas folhas. Curioso com o fato, resolveu colocar a planta dentro de um armário, em um quarto escuro, para ver se as folhas fechariam. Mas não fecharam. Ele ficou intrigado. Aparentemente não era a luz visível que fazia a planta ativar ou desativar. Enfim, ele conseguiu “desligar” a planta, durante o dia, somente levando o vaso para um túnel de mina, dezenas de metros abaixo da superfície. Lá a planta “desligou”, como se o Sol tivesse se posto. Mas ainda estava em pleno dia.

Conclusão 1: Há alguma espécie de radiação que o Sol emite e que as plantas captam, e talvez também os animais e inclusive nós, e esta radiação está direta ou indiretamente ligava a vida e a saúde desses organismos.
Conclusão 2: Esta radiação não é visível nem detectável por aparelhagem eletrônica.
Conclusão 3: Esta radiação só é bloqueada por espessa camada de rochas.

dr.Fritz Albert Popp

Além disso, não poderia deixar de mencionar as descobertas de Fritz Albert Popp sobre os biofótons. Esse pesquisador descobriu que toda célula viva emite fótons, literalmente falando. Nós não percebemos isso porque a quantidade de fótons emitida é tão pequena que nossas retinas não conseguem perceber. A luz emitida por uma célula seria mais ou menos correspondente à luz emitida por uma vela a 1 km de distância. Consegue imaginar isso?

Outra descoberta de Popp é que as células usam essa luz para comunicar-se entre si, de forma semelhante à maneira que nós usamos a voz para nos comunicar entre nós. E não só isso, mas também que muito dessa comunicação acontece não através de luz visível mas através de luz ultravioleta.

Daí fico pensando, se as células se comunicam através de fótons na frequencia do ultravioleta, é porque essa frequencia deve ser importante para a manutenção da vida e da saúde. Mas o que vemos na mídia é justamente o contrário. Pinta-se os raios ultravioletas como monstros provocadores de câncer, e que devemos evitá-los a todo custo, com protetores solares, regulando nossa exposição ao Sol, etc. Será?

Uma experiência interessante realizada por Popp e seus correligionários mostrou que células separadas por vidro comum, esse que usamos em nossas janelas, não conseguiam se comunicar, porque o vidro comum bloqueia a radiação ultravioleta. Mas quando as células eram separadas por um vidro especial feito a base de quartzo, elas conseguiam se comunicar. Fica a informação para reflexão da galera.

Veja, não estou dizendo que devemos tomar banho de Sol adoidado, não usar mais filtro solar, etc.. Calma lá. Sol demais, dá câncer de pele. Isso é fato. Porém, Sol de menos pode levar a outros problemas de saúde. Portanto… EQUILÍBRIO.

Mais algumas informações sobre radiação ultravioleta: Sabia que é possível usar radiação ultravioleta para eliminar germes da água? O processo é bastante simples: coloque a água dentro de garrafas, de preferência de vidro (se conseguir achar garrafas de vidro à base de quartzo, tanto melhor, mas acho isso meio impossível no momento), e coloque a garrafa em lugar que fique exposto á luz do Sol. Só isso. Deixe aí por algumas horas. A radiação ultravioleta do Sol eliminará todos os germes e bactérias presentes na água e ela estará mais adequada ao consumo humano. Quem ensina isso não é nenhum guru esotérico, é uma pesquisadora da USP se não me engano, que desenvolveu um projeto de purificação de água para comunidades carentes que não possuem água encanada e tratada.

Além disse, dê uma olhada nesta matéria:
http://comosereformaumplaneta.wordpress.com/2010/12/17/tecnologia-de-luz-elimina-superbacterias-de-hospitais/

Nesta seção você encontra uma série de notícias relevantes sobre luz e seus efeitos:
http://comosereformaumplaneta.wordpress.com/category/1-parte-primeira/2-secao-segunda/terapias-nao-agressivas/cromoterapia/

Por hora é isso. Em outro momento falo sobre a teoria de Popp a respeito do biocampo.

log_pir_47

.

 Gostou? Então Curta nossa página no Facebook.

eu_47 Seja amigo do autor do site no Facebook, e esteja sempre antenado em assuntos interesantes como este.

Anúncios

Uma resposta to “Lâmpadas, Luz, Sol e Saúde, e Biofótons”

  1. Eu procuro una lampada que faz o sistema limbico trabalhar melhor quando voce mora en um pais com poco sol e esta acostumada a ter mais. I am looking for a light bulb which improves the work done by the lymbic system due to lack of sunshine.

    Resposta:
    Procure por lâmpadas de espectro completo (full spectrum lamps).

    Abs
    Zhannko

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: