Piramidal.net

Tudo o que você sempre quis saber sobre pirâmides.

  • Pirâmide de cobre C130

  • Pirâmide de alumínio A150

    Pirâmide de alumínio A150

  • Pirâmide de alumínio A150

    Pirâmide de alumínio A150

  • Pirâmide de cobre C150

    Pirâmide de cobre C150

  • Pirâmide de alumínio A130

    Pirâmide de alumínio A130

  • Incenso japones aroma orvalho

    Incenso japones aroma orvalho

  • Incenso japones aroma jasmim

    Incenso japones aroma jasmim

  • Pirâmide de latão fechada

    Pirâmide de latão fechada

  • Fórum sobre jejum, alimentação prânica (viver de luz) e temas relacionados

A melhor demonstração de universalismo

Posted by luxcuritiba em novembro 11, 2008

banner

No Chagdud Gonpa Dordje Ling, centro de budismo tibetano Vajrayana de Curitiba-PR, o Lama Rigdzin costuma fazer leituras de textos budistas tibetanos, com comentários e abertura para perguntas dos participantes.

Numa dessas seções, que ocorrem as quartas-feiras, o Lama, depois de ler um trecho de um livro escrito por um mestre budista, contou-nos uma história, que é um pouco da sua história, que resumidamente diz o seguinte.

Quando o Rigdzin decidiu dedicar-se ao budismo, seu pai, religioso protestante convicto, resolveu afasta-lo de seu convívio. Alguns anos depois, o Lama foi fazer uma visita ao pai, que o recebeu um tanto taciturno. O pai fez-lhe diversos questionamentos tipo “e então, ainda anda com essa maluquice de ‘vazio'”. Todos os questionamentos o Lama respondeu tranquilamente.

Por fim o pai perguntou-lhe: “Me diga uma coisa, você aceita Jesus Cristo como seu salvador pessoal?”. Ao que o Lama respondeu, “claro, porque não?”. Isso parece ter feito seu pai satisfeito. Então o pai pergunta-lhe: “Porque você adora tanto o ‘vazio’?”. E o Lama responde: “Porque o ‘vazio’ elimina em mim o medo da morte, e sem medo da morte, posso viver mais plenamente. Isso me dá paz”.

O tempo passou. Dois anos depois o Lama vai novamente visitar o pai. Para sua surpresa seu pai, ao longo da conversa, disse-lhe “Sabe, acho que você estava certo, a respeito daquele negócio de ‘vazio'”. E então o Lama conclui: “As vezes as pessoas precisam de um certo tempo para digerir as coisas e chegar a suas próprias conclusões”.

O Lama continuou contando detalhes de sua história, e eu fiquei esperando a abertura para perguntas. Estava com algumas perguntas na ponta da língua. Na primeira oportunidade disparei: “Lama, você disse que aceitava Jesus Cristo como seu salvador pessoal. Isso quer dizer que Jesus éra um buda?” A resposta do Lama foi a seguinte:

– Se Jesus Cristo éra um buda, eu não sei. Mas penso que bem poderia ser. No budismo, uma das regalias que um buda tem, é poder criar seu próprio paraíso pessoal, e convidar outras pessoas para participar dele. Obviamente, se um buda como shakiamuni cria um paraíso pessoal, então somente por meio de shakiamuni é possível entrar nesse paraíso. Da mesma forma, qualquer outro paraíso criado por qualquer outro buda, tem o seu buda criador como único meio de se entrar em seu paraíso. Então quando Jesus fala que somente através dele seria possível entrar no reino do céu, isso parece bastante lógico.

Essa foi, ao longo dos últimos anos, a melhor demonstração de universalismo que já vi. Tranquilamente o Lama Rigdzin aceita o cristianismo, não como algo contrário ao budismo, mas como algo que completa. Enquanto isso, outras religiões, seitas e ideologias, ficam disputando, ora quem é a melhor e mais correta, ora opondo-se umas as outras. Enquanto as religiões e ideologias se excluem mutuamente, o budismo abarca a todas indiscriminadamente.

OBS.: Essa é a transcrição que consegui fazer, de memória, da seção de leituras realizada naquele dia, no Chagdud Gonpa Dordje Ling, e retrata meu entendimento particular do que foi dito. Este texto não deve ser considerado como posição oficial do Lama Rigdzin quanto ao assunto abordado.

log_pir_47

.

 Gostou? Então Curta nossa página no Facebook.

eu_47 Seja amigo do autor do site no Facebook, e esteja sempre antenado em assuntos interesantes como este.

Anúncios

2 Respostas to “A melhor demonstração de universalismo”

  1. Rosangela said

    Olá!
    Onde encontro o estudo em ctba?
    Obrigada
    Resposta: Olá Rosangela. Um dos melhores lugares para estudo e prática do budismo tibetano em Curitiba é o Centro de Budismo Tibetano Vajrayana Dordje Ling (www.dordjeling.org).

  2. Só vamos compreender certas coisas, quando nós mesmos nos compreendermos, às pessoas que tentam achar respostas em livros sem antes se conhecerem apenas tiram conclusões errôneas, e afirmam estarem certas pois nada admitem acima de si.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: