Piramidal.net

Tudo o que você sempre quis saber sobre pirâmides.

  • Pirâmide de cobre C130

  • Pirâmide de alumínio A150

    Pirâmide de alumínio A150

  • Pirâmide de alumínio A150

    Pirâmide de alumínio A150

  • Pirâmide de cobre C150

    Pirâmide de cobre C150

  • Pirâmide de alumínio A130

    Pirâmide de alumínio A130

  • Incenso japones aroma orvalho

    Incenso japones aroma orvalho

  • Incenso japones aroma jasmim

    Incenso japones aroma jasmim

  • Pirâmide de latão fechada

    Pirâmide de latão fechada

  • Fórum sobre jejum, alimentação prânica (viver de luz) e temas relacionados

A criatura humana é essencialmente boa

Posted by luxcuritiba em setembro 29, 2008

Essa foi a conclusão a que cheguei, depois de alguns anos de estudos e, principalmente, muita prática meditativa.

Essa crença é afirmada pelo budismo a milênios. Mas confesso que tinha dúvidas se correspondia à verdade. Porém, a prática demonstrou-me estar perfeitamente correta.

Para o budismo toda criatura humana tem dentro de si um buda. Portanto, não há necessidade de procurar um mestre em lugar algum, tão pouco há necessidade de algum treinamento especial para tornar-se um iluminado. Qual o treinamento necessário para tornar-se aquilo que você já é?

No zen-budismo toda prática é assessória. Somente uma atividade é estritamente essencial: a meditação zazen.

A meditação possibilita o “não fazer” (não pensar) necessário para que a essência búdica desperte das profundezas da alma (mente?), brotando como cálida flor.

Esta flor está sobre um vazio de completo negrume, que pode assustar o aspirante ao despertar. Num primeiro momento, observa-se a flor, e fica-se impressionado e inspirado por sua beleza. Num segundo momento entra-se na escuridão, e percebe-se que não há ali nenhum motivo para receio. A única presença percebida ali é paz, e silêncio.

É quando a mente humana racional cala-se, que a flor da essência vem à superfície. Para calar a mente pratica-se a meditação.

Se você tem medo, raiva, tristeza ou desejo de vingança, medite.

Se você continua com medo, raiva, tristeza ou desejo de vingança, continue meditando.

Se o medo, a raiva, a tristeza ou o desejo de vingança, persistir, persista meditando.

Chegará o momento em que o medo, a raiva e a tristeza, simplesmente se desvanecerão como ar. Sobrará apenas uma clara lucidez e um presente Aqui-Agora, que possibilita observar o mundo sem necessidade de classificar (julgar).

O desejo de vingança não fará mais sentido, como não faz sentido, para um homem adulto, vingar-se do colega de infância, que roubou no jogo de bulicas(*). O passado ao passado pertence.

Não existem pessoas más. Existem pessoas que não meditam o suficiente.

Zhannko Idhao Tsw
Curitiba-PR
17-09-2008

PS1: (*) Jogo de bulicas (bolicas, bolitas ou bolas de gude): Jogo onde uma criança lança uma pequena bola de vidro, com os dedos, tendo as bolas (de gude) dos adversários como alvo. A criança que acertar mais bolas vence o jogo.

PS2
: Bondade e ingenuidade não são sinônimos. Se tiver que lidar com víboras, use luvas de segurança. Conhecer a lei da gravidade não o torna imune a ela.

PS3: Da mesma forma que a beleza, a maldade está nos olhos de quem vê.

log_pir_47

.

 Gostou? Então Curta nossa página no Facebook.

eu_47 Seja amigo do autor do site no Facebook, e esteja sempre antenado em assuntos interesantes como este.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: