Piramidal.net

Tudo o que você sempre quis saber sobre pirâmides.

  • Pirâmide de cobre C130

  • Pirâmide de alumínio A150

    Pirâmide de alumínio A150

  • Pirâmide de alumínio A150

    Pirâmide de alumínio A150

  • Pirâmide de cobre C150

    Pirâmide de cobre C150

  • Pirâmide de alumínio A130

    Pirâmide de alumínio A130

  • Incenso japones aroma orvalho

    Incenso japones aroma orvalho

  • Incenso japones aroma jasmim

    Incenso japones aroma jasmim

  • Pirâmide de latão fechada

    Pirâmide de latão fechada

  • Fórum sobre jejum, alimentação prânica (viver de luz) e temas relacionados

Será que os médicos da antiguidade possuíam poderes sobrenaturais?

Posted by luxcuritiba em abril 25, 2015

piramidal.net | lojapiramidal.com

Zhang Zhongjing e Hua Tuo, dois grandes médicos chineses durante a dinastia Han

compartilhar

Por Kan Zhong Guo

O meio científico ficou instigado com a recente descoberta dos poderes sobrenaturais de uma menina russa chamada Natalya Nikolayevna Demkina, que pode ver através de corpos humanos, olhando diretamente para os órgãos das pessoas. Depois de seus diagnósticos, verificou-se através de exames clínicos que pessoas doentes realmente sofriam com as enfermidades que ela havia apontado. Ela também realiza tratamentos.

Um repórter que trabalha para o jornal diário The Sun, obteve o consentimento dos pais da menina para realizar pesquisas com ela na Inglaterra. Isso impactou o campo da medicina no Reino Unido.

Esse tipo de habilidade é comumente conhecida como “visão divina”. Pessoas com essa capacidade podem ver através de paredes e dentro de corpos humanos. Hoje em dia, são raras as pessoas que possuem a “visão divina”, mas segundo registros históricos muitos médicos da antiguidade possuíam poderes sobrenaturais.

Há um artigo no texto antigo “Shih Chi” (Registros do Historiador), escrito por Sima Qian sobre um médico chinês chamado Bian Que, também conhecido como Qin Yueren, que conheceu Zhang Sangjun, um homem que tinha poderes sobrenaturais.

A história conta que Sangjun deu a Bian Que uma receita secreta de medicamento, instruindo-o a toma-lo como água “que não tivesse tocado o chão” (orvalho). Trinta dias após seguir o conselho de Zhang Sangjun, Bian Que começou a ver através de paredes e dentro de corpos humanos.

Um dia, ele passou pelo estado de Guo e viu um funeral. Um funcionário disse a ele que o príncipe real tinha morrido de repente, e que eles estavam indo colocá-lo em um caixão. Enquanto estava na porta do palácio, Bian Que alegou que o príncipe não estava realmente morto e que em breve acordaria. O funcionário não acreditou nele.

Bian Que insistiu: “Tente o seguinte. Peça a um médico para fazer um diagnóstico. Quando o príncipe ouvir vozes, ele irá contorcer o nariz e a boca. Você pode verificar que sua virilha ainda está quente”. A capacidade de Bian Que era realmente surpreendente naquela época, e permanece um mistério nos dias de hoje.

Outro médico chinês mencionado por suas capacidades sobrenaturais é Hua Tuo, conhecido por ser o fundador da cirurgia tradicional chinesa. Ele inventou a anestesia. As informações sobre a anestesia foram vistas pela primeira vez no livro Hou Han Shu: “Se acupuntura e medicamentos não puderem curar a doença, podemos pedir ao paciente para tomar o anestésico com vinho. Quando ele perder a sensibilidade e a consciência, nós poderemos cortar sua barriga e remover o tumor”.

“Se a doença é nos intestinos e estômago, nós cortamos e os lavamos, retiramos a parte doente, e depois costuramos para fechar. Depois de colocar pomada na ferida, ele irá se recuperar em quatro ou cinco dias e pode recuperar totalmente sua saúde dentro de um mês”.

Hua Tuo operou barrigas de pessoas, mas sem raios-X, como ele poderia saber onde cortar? Portanto, é reconhecido que Hua Tuo também tinha a “visão divina”. Caso contrário, ele não poderia ter sido um cirurgião naquela época.

Zhang Zhongjing, considerado um sábio da medicina chinesa, também tinha essa capacidade. Aos 20 anos de idade ele sabia muito sobre a ciência médica, um dia Zhongjing conheceu um funcionário chamado Wang Zhongxuan. Durante uma conversa Zhongjing disse a Zhongxuan: “Você está sofrendo de uma doença. Quando você tiver 40 anos, você irá perder suas sobrancelhas. Quando as suas sobrancelhas tiverem caído, você morrerá em meio ano. Você precisa tomar ‘pó das cinco pedras’ para evitar isso”.

Wang Zhongxuan achou que as palavras de Zhang Zhongjing eram ofensivas. Ele aceitou a medicação, mas não a tomou.

Três dias depois, Zhang Zhongjing encontrou Wang Zhongxuan e perguntou: “Você tomou o remédio?”

“Sim, eu tomei”, respondeu Wang Zhongxuan.

Zhang Zhongjing respondeu: “Parece que você não o tomou. Por que você não se importa com sua vida?”

Wang Zhongxuan não disse uma palavra. Vinte anos depois, suas sobrancelhas caíram. Ele, então, morreu depois de 187 dias, como havia sido previsto.

Os exemplos acima foram registrados em livros históricos. Para o desenvolvimento dessas habilidades os médicos cultivavam seu caráter moral, ou seja, algum tipo de prática para a elevação espiritual. Eles puderam fornecer tratamentos médicos de forma sobrenatural, da perspectiva da medicina moderna e também podiam prever boa ou má sorte.

Os médicos da antiguidade não eram preocupados com fama e lucro. Eram capazes de acalmar suas mentes e controlar o fluxo de energia do corpo, permanecendo quietos em profunda meditação. Estar em profunda concentração resulta em sabedoria, permitindo o desenvolvimento de habilidades de alto nível.

Hoje, tanto os médicos ocidentais como orientais, em sua maioria, não sabem o que significa prática de cultivo. A sociedade moderna, vive no aparente conforto da vida material, no entanto, os desejos e apegos do homem aumentaram ao nível de bloquear a conexão com sua própria essência e com o universo, assim fazendo-o perder suas habilidades inatas.

Os médicos chineses tradicionais modernos usam estetoscópios, esfigmomanômetros, raios-X, microscópios, ultrassom, e outros instrumentos médicos para tratar seus pacientes. A sua velocidade de diagnóstico é considerada rápida. No entanto, segundo os registros históricos, para saber o estado de saúde de uma pessoa, os médicos da antiguidade só precisavam olhar para as pessoas.

A medicina tradicional chinesa de hoje se tornou semelhante à medicina ocidental, com o uso de exames laboratoriais frequentes e tecnologias médicas modernas. Somente a herança de experiências e a arte da prescrição restaram da antiga medicina tradicional chinesa. A essência da medicina tradicional chinesa foi perdida.

https://www.epochtimes.com.br

Piramidal no Facebook
.
●●● Gostou? Então curta nossa página no Facebook.
.
Autor
●●●
 Seja amigo do autor do site no Facebook e esteja sempre antenado em assuntos interessantes.

Anúncios

Uma resposta to “Será que os médicos da antiguidade possuíam poderes sobrenaturais?”

  1. Hi there, of course this piece of writing is actually pleasant and I have learned lot
    of things from it on the topic of blogging.
    thanks.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: