Piramidal.net

Tudo o que você sempre quis saber sobre pirâmides.

  • Pirâmide de cobre C130

  • Pirâmide de alumínio A150

    Pirâmide de alumínio A150

  • Pirâmide de alumínio A150

    Pirâmide de alumínio A150

  • Pirâmide de cobre C150

    Pirâmide de cobre C150

  • Pirâmide de alumínio A130

    Pirâmide de alumínio A130

  • Incenso japones aroma orvalho

    Incenso japones aroma orvalho

  • Incenso japones aroma jasmim

    Incenso japones aroma jasmim

  • Pirâmide de latão fechada

    Pirâmide de latão fechada

  • Fórum sobre jejum, alimentação prânica (viver de luz) e temas relacionados

Equipe encontra ruínas de cidade egípcia submersa no Mediterrâneo

Posted by luxcuritiba em outubro 31, 2011

banner

07.06.2001 ]

Mergulhador mostra lápide submersa de 2.380 anos

O arqueólogo francês Frank Goddio anunciou hoje a descoberta de novos vestígios de Heráclio, cidade egípcia a 25 km do antigo porto de Alexandria.

A cidade, antes localizada 1 metro acima do nível do mar, ficou submersa depois de um terremoto, há cerca de 1.200 anos, encontrando-se agora 6 metros abaixo da superfície do Mediterrâneo.

Os mergulhadores que trabalham na baía de Abukir, dirigidos por Goddio, estela (pedra com inscrições) em granito negro, com 2 metros de altura. O monumento é praticamente idêntico à “estela de Naukratis”, exposta no museu do Cairo e que data do século 4º a.C.

Na estela, que foi retirada do mar, há a inscição “Heráclio-Thonis”. Para Goddio, isso prova que o sítio arqueológico – em que há vários anos sua equipe conduz investigações – é de fato Heráclio. A cidade é da época faraônica anterior à chegada de Alexandre Magno no Egito, que fundou a vizinha Alexandria em 331 a.C.

A equipe também encontrou sob as águas restos de navios, que permitem localizar com precisão o local do porto de Heráclio, e três estátuas de granito rosa: uma de Apis, deus das cheias do Nilo, uma de um faraó e outra de uma deusa, que não foram identificados.

Estas estátuas foram encontradas perto dos restos de um santuário, igualmente em granito rosa, que tem inscrições em hieroglífico que datam da época dos Ptolomeos e são dedicadas ao deus Amón, explicou a equipe de Franck Goddio.

Nessa região, em frente ao delta do Nilo, existiam três cidades antes da chegada de Alexandre Magno e da fundação de Alexandria: Heraklión, Menuthis e Cánope.

http://www1.folha.uol.com.br/folha/ciencia/ult306u3922.shtml

log_pir_47

.

 Gostou? Então Curta nossa página no Facebook.

eu_47 Seja amigo do autor do site no Facebook, e esteja sempre antenado em assuntos interesantes como este.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: