Piramidal

Tudo o que você sempre quis saber sobre pirâmides.

  • Alternate text

Posts Tagged ‘Geof Gray-Cobb’

Desmistificando as pirâmides – parte 3

Posted by luxcuritiba em agosto 31, 2009

banner

A pirâmide realizará meus desejos?

Apesar de muitas pesquisas, estudos e experimentações, a pirâmide e seus efeitos ainda são vistos, muitas vezes, como algo mágico. Em livros, revistas e na internet encontram-se textos e fórmulas as mais diversas, que mostram como usar a pirâmide para obter os mais diversos resultados, desde curas milagrosas até o ganho de prêmios em jogos de loteria.

Já tratei da questão das curas no tópico anterior (Desmistificando as pirâmides, parte 2 – A pirâmide cura doenças?). Neste tópico tentarei por um pouco de luz sobre a idéia de que a energia da pirâmide pode efetivamente realizar sonhos e desejos daquele que a utiliza.

De todas as práticas utilizadas com pirâmides para a realização de vontades específicas, talvez a mais comum seja aquela em que se coloca um papel dentro da pirâmide, a priori no local a câmara do rei. No papel se escreve o desenho que se quer realizado. Espera-se que, dentro de certo período, o que estiver escrito no papel se manifeste.

Já vi relatos de pessoas que fizeram esse simples exercício e conseguiram resultados positivos. Também já vi relatos de pessoas que o fizeram sem obter resultado. Então, o que há de verdade nisso? Até que ponta essa fórmula realmente funciona? E se funciona, por quê? Para tentar responder estas perguntas, não vou adentrar no mundo dos magistas, pois minha metodologia é a da experimentação e comprovação de resultados, independentes de forças supostamente mágicas.

Talvez o livro mais famoso que trate de tipo de utilização das pirâmides seja “Os segredos de trás das pirâmides”, do autor Geof Gray-Cobb. Neste livro, o autor relata uma série de fórmulas, utilizando pirâmides, sólidas ou imaginárias, para se alcançar os mais diversos fins. De forma geral a pessoa se posiciona em frente à pirâmide, concentra-se, e mentaliza, juntamente com a forma piramidal, o desejo que pretende realizar.

O exercício é bastante simples, mas, por incrível que pareça, dá resultados. Resultados, aliás, que são expostos exaustivamente pelo próprio autor no decorrer do livro? Confesso que eu mesmo já experimentei os exercícios do livro e consegui bons resultados. O que me deixou deveras curioso, pois para mim não basta saber que funciona, mas também, saber como e por que funciona.

Segundo o autor, o exercício funciona porque são postas em ação algumas forças mágicas, que conhecimento dos antigos, e que foram esquecidas no tempo. De alguma forma ele, Gray-Cobb, conseguiu resgatar esses conhecimentos, passando-os adiante através de seu livro. Como não sou muito dado a me satisfazer com soluções mágicas sem maiores explicações, tentei formular uma teoria que explicasse o fenômeno, sem a necessidade de recorrer a soluções mágicas.

Neste caso especificamente, a explicação me parece bastante óbvia. O exercício, que consiste em mentalizar a vontade desejada, dia após dia, e preferencialmente várias vezes ao dia, nada mais seria do que uma concentração de energia mental num objetivo. Hoje em dia, depois de “O segredo”, esse tipo de concentração de energia mental não deve ser novidade para muita gente.

Hoje é sabido que tudo aquilo que pensamos, torna-se tanto mais forte e evidente, e passível de realização, quanto mais concentramos nossa atenção naquilo. Isso não é mágica, é PNL (Programação Neurolinguística), para não dizer psicologia aplicada. A pirâmide, neste caso, não passaria de um artifício utilizado para concentrar a vontade num ponto específico, tal como um pêndulo é usado para hipnotizar uma pessoa. Obviamente o pêndulo, por si só, não tem poder algum, mas pode ajudar no processo.

Seguindo a metodologia de experimentação, é preciso provar que a teoria esteja certa. Assim, de acordo com esta explicação, se você apenas mentalizar a sua vontade, concentrar sua intenção, num ponto específico, dia após dia, se possível, várias vezes ao dia (qualquer semelhança com “O segredo” seria mera coincidência) fatalmente aquela vontade se manifestaria. Desde que, é claro, seja um pensamento realizável. Se você mentalizar uma montanha sendo levantada no ar como se fosse um balão, creio que dificilmente isso ocorrerá, por mais que você concentre sua vontade. No mundo da magia o pensamento pode ter poderes infinitos, mas no mundo dos fatos, há limites que devem ser observados.

Então, mentalizar e realizar, sem auxílio das pirâmides é possível? O que posso afirmar quanto a isso é que, eu já experimentei fazer esse exercício, diversas vezes, com resultados positivos. Isso não quer dizer que a fórmula passada por Cobb não funciona, pois é fato que funciona. Porém, deixa claro que o exercício passado pelo autor não é absolutamente necessário, já que é possível conseguir os mesmos resultados por outros meios.

Mas afinal, a energia da pirâmide pode ou não pode realizar desejos?

Pelos meus estudos e experimentações posso afirmar que sim, a pirâmide por ser uma ferramenta útil para a realização dos sonhos de qualquer possível. Porém, não exatamente da forma mágica e aparentemente inexplicável apregoada pelos esotéricos.

A energia da pirâmide fortalece o sistema bioenergético do seu usuário, favorecendo o bem estar físico e, dependendo do caso, auxiliando na cura de enfermidades diversas, como já mencionei no tema anterior. Uma vez que o corpo físico esteja fortalecido e equilibrado bioenergéticamente, todos os sistemas corporais tendem a funcionar de forma mais perfeita e potencializada, inclusive o componente psíquico.

Segundo os princípios da PNL, a repetição e a concentração da vontade são fatores chave para a realização da meta em vista. Praticantes de meditação sabem o quanto é difícil desenvolver o hábito da concentração. Conseguir focar o pensamento num ponto específico, sem distrações ou divagações, normalmente só se consegue com muita prática. Mas não só a prática deve ser observada. A própria alimentação pode interferir na capacidade de concentração da pessoa, bem como o estresse, nervosismo, ansiedade, etc.

Com um sistema psíquico desequilibrado e bombardeado por preocupações, é difícil concentrar-se num objetivo específico. Mas uma vez que se consiga um perfeito equilíbrio mental (que passa, invariavelmente pelo equilíbrio corporal), todo processo e mentalização tornam-se mais fácil.

Conclusão:
Como no caso anterior, a pirâmide não realiza as vontades de ninguém, por si só. Porém, pode favorecer o poder de concentração e estabilidade mental, através de um equilíbrio geral do corpo e da mente. E, através desse equilíbrio, físico e psíquico, o usuário da pirâmide terá mais condições de alcançar seus objetivos.

Zhannko Idhao Tsw

log_pir_47

.

 Gostou? Então Curta nossa página no Facebook.

eu_47 Seja amigo do autor do site no Facebook, e esteja sempre antenado em assuntos interesantes como este.

Posted in Artigos, Textos sobre pirâmides | Etiquetado: , , , , , , , | 6 Comments »

O Maravilhoso Cone Psicopiramidal

Posted by luxcuritiba em abril 19, 2008

banner

Procure imaginar uma pirâmide feita de borracha ou de lâminas flexíveis de plástico. Empregando certos meios, começamos a curvar as faces dessa pirâmide para fora, tornando-a mais redonda e menos angular. Se, finalmente, encurvarmos cada face em um quarto de circulo, teremos uma “pirâmide” circular, ao invés de quadrada.

Essa nova forma é, naturalmente, um cone – e os pesquisadores descobriram que qualquer cone, como uma pirâmide de formato adaptado, também possui sua própria energia e campos de força invisíveis, os quais podem efetuar alterações no mundo material, desafiando a análise lógica científica.

O CONE DA NOVA ENERGIA PSÍQUICA FOCALIZA UMA FORMA ESPECIAL DE FORÇA METAFÍSICA

Tive longos e acirrados debates, antes de incluir este Circuito Energético no livro. Ainda resta muita pesquisa a ser efetuada, para que fique estabelecido, com precisão, onde o cone se encaixa, no esquema das Energias Cósmicas. Não obstante, preferi oferecer a você – o leitor – toda chance possível de progresso, e o Cone, definitivamente, funcionou de modo incrível para algumas pessoas.

Assim, coerente com minha filosofia de que se algo é capaz de atrair harmonia deve receber a mais ampla publicidade, ofereço este Circuito Energético como uma nova e estimulante técnica, que será proveitosa para algumas pessoas.

Compreendo perfeitamente que esta técnica do Cone da Nova Energia Psíquica talvez não realize milagres para todos. Por outro lado empregar a energia do Cone não prejudicará ninguém e, além disso, alguns de vocês alcançarão resultados notáveis.

Trate este Circuito Energético como um “aperitivo” de conceitos metafísicos de futuro. A energia do Cone talvez se revele como o próximo passo lógico além da Energia da Pirâmide. Então, você poderá sentir-se como um dos Wrights ou Curies da pesquisa metafísica, testando as novíssimas e ainda incompreendidas técnicas que seriam os fundamentos de toda uma nova ciência psíquica.

Baseando-se nas evidências ao nosso alcance até o momento, certamente o Cone emprega uma forma especial de força metafísica, cujos efeitos são diversos dos da Energia da Pirâmide. É então concebível substitui-la, para promover o funcionamento de milagres pessoais.

“EU NÃO SABIA O QUE FAZER”, DIZ LEW B. “O CONE DA NOVA ENERGIA PSÍQUICA ME TROUXE A FELICIDADE AUTOMATICAMENTE”

Enquanto ocupava algumas horas de ócio na leitura de um livro de bolso sobre o poder das pirâmides, Lew B. sorriu do relato acerca de uma dona-de-casa que, desejando evitar a cirurgia, ficou sobre um cone até constatar que suas hemorróidas se retraíam.

“Eu precisava ficar curado da prisão de ventre, não de hemorróidas”, disse Lew. “Só que minha ‘prisão de ventre’ não dizia respeito aos intestinos, onde não havia qualquer bloqueio. Era a minha cabeça que deixara de funcionar devidamente.”

Lew atingira um estágio na vida, em que era impossível decidir qual seria seu próximo movimento.

“Eu era vendedor técnico, lidando com material para duplicadoras e aparelhos para cópias”, explicou ele. “Já atingira o limite máximo de progresso no cargo e percebia a necessidade de uma mudança. No entanto, todas as opções ao meu alcance pareciam chegar ao mesmo ponto morto ou eram inferiores ao nível que havia alcançado.”

Inspirado pelo relato que tinha lido, Lew montou um cone de cartolina, medindo uns 30 centímetros e o colocou debaixo da cama.

“Chame-me de otimista excêntrico, se quiser, e terá acertado”, disse ele. “Minha intenção, com aquilo, era atiçar a cabeça e fazê-la produzir novas idéias.”

“A coisa funcionou melhor do que esperei. Não somente deparei com um novo ângulo em meu quadro profissional, mas começaram a surgir coincidências pela frente. Onde antes eu tinha que planejar e empenhar-me, estudando cada passo antecipadamente, elaborando a maneira de dar aquele passo, avançando alguns e recuando outros, agora eu parecia absorvido em uma corrente positiva de acontecimentos quase sem volição”.

Semanas depois de ele ter colocado o cone em seu quarto, Lew conheceu uma jovem em uma discoteca. O pai dela era proprietário de uma firma imobiliária.

“Ali estava um ramo de atividades que nunca me passara pela cabeça”, contou Lew. “Sabia apenas que era preciso estudar para conseguir uma licença como agente imobiliário, mas nunca me dera ao trabalho de investigar o que mais teria de fazer e nem mesmo quanto rendia semelhante campo de negócios.”

A jovem foi uma fonte de informações. O pai dela também se mostrou solicito. No mais curto prazo possível, Lew obteve sua licença e entrou no ramo de imóveis.

“Aquilo me colocou em contato com muitas pessoas influentes, aquelas que jamais conheceria em meu antigo trabalho técnico. Mantendo olhos e ouvidos abertos, ‘pesquei’ informes valiosos”, contou Lew. “Entre outras vantagens, investi nas informações casuais fornecidas por um corretor e prosperei. Assumi a liderança de vendas, passando à frente de todos os companheiros, desta forma recebendo a lista dos clientes ricaços, compradores em perspectiva. A sorte parecia chover em minhas mãos ávidas.”

Pouco tempo depois, Lew abandonava o ramo imobiliário. Seu passo seguinte foi comprar um centro esportivo de esqui. Então, seguiu-se a compra de uma cadeia de motéis.

“Eu ficava sentado e deixava que os outros trabalhassem em meu lugar”, relatou Lew. “Viajo e fico de olho em meus investimentos, isto é, quando não estou repousando em meu chalé da montanha.

“No momento, foi terminado o campo de pouso particular para meu avião e está sendo construída uma piscina térmica. Estou levantando uma mansão para os momentos de lazer, acima da linha de neve, para onde possa levar amigos e desfrutar da natureza. E o formato dessa construção… Adivinhou! É realmente um cone de 30 metros! Se um pequenino pôde iniciar tal seqüência de maravilhas, estou ansioso para ver o que um grande fará para meu deleite pessoal!”

FAÇA UM CONE DA NOVA ENERGIA PSÍQUICA – OU APENAS “IMAGINE” UM – E OS RESULTADOS SERÃO IGUALMENTE INCRÍVEIS

Um mistério elementar acerca do Cone, é que ele não precisa estar fisicamente presente neste mundo mundano, para que seus espantosos efeitos funcionem.

Criando o que os ocultistas denominam “forma-pensamento”, no formato de um cone, esta “idéia de um cone” atraiu os resultados desejados para muitas pessoas. Outras, contudo, concluíram que teriam de construir esse cone, em realidade, a fim de que ele funcionasse. A diferença parece depender dos poderes individuais para a visualização mental.

Com uma folha de papel ou cartolina fina, você pode montar um cone sem dificuldade.

Desenhe um círculo no papel, de qualquer tamanho. Quanto maior o circulo, maior será o cone. Entretanto, nesse misterioso domínio, maior não parece, necessariamente, ser melhor ou mais poderoso. Cones pequeninos, formados de círculos medindo cinco centímetros, revelaram-se devastadoramente eficientes.

Uma xícara, garrafa ou lata de conservas redonda, de pé sobre o papel, fornecem um guia para você contorná-lo, no tamanho adequado.

Recorte o circulo. Em seguida, retire dele um pedaço em formato de cunha, exatamente como se cortasse uma fatia de bolo. Retirando um quarto do “bolo”, você terá criado um cone de inclinação mais ou menos igual à da Grande Pirâmide. Quanto maior a “fatia” recortada do circulo, tanto mais fino e pontudo será o cone.

Após retirar essa fatia, pegue o que sobrou do circulo e encurve as duas margens retas, de maneira a se tocarem.

Prenda-as com um pedaço de fita e estará montado o seu primeiro Cone da Nova Energia Psíquica.

A criação de um tone mental, através da “forma-pensamento”, pode ser feita de múltiplas maneiras. Como falei antes, tratase de uma experiência individual, com métodos que variam amplamente.

Se você costuma criar quadros mentais e “vê” imagens dentro de sua cabeça ao fechar os olhos, tudo quanto tem a fazer é imaginar um cone, sólido e tridimensional, situado onde desejar que ele esteja. Esta prática funciona muito bem para algumas pessoas.

Há outras que levam algum tempo construindo o cone mentalmente, valendo-se da primeira parte do Signo da Tríade Digital (Circuito Energético 7). Estas imaginam que o dedo se move, a ponta desenhando no ar um triângulo de luz branca. Imaginam, em seguida, que esse triângulo gira em torno do eixo, formando um circulo com os dois pontos inferiores. A Criação mental que daí resulta é um Cone cintilante de luz branca, que então é “visto” como que deslizando suavemente pelo ar, até fixar-se em sua posição de operar.

Um outro método consiste em “fixar” a idéia na mente, pela contemplação fixa de um desenho ou foto de cone. Ao fechar os olhos, você recordará cada detalhe da figura como se, de fato, ela estivesse à sua frente. Os livros mais elementares de arte mostram gravuras de cones, caso prefira usar este sistema.

Se você precisa de um cone real ou Consegue criálo mentalmente, é algo dependendo de muitos fatores, afetados por sua Psicologia e circunstâncias pessoais. De qualquer modo – e também porque isso pode atuar em sua vida com efeitos magníficos – caso você seja um dos primeiros a empregar as técnicas do Cone, insisto para que as experimente com ampla liberdade, adotando este novo conceito.

RUTH W. IDEALIZOU CONES DA NOVA ENERGIA PSÍQUICA E FOI PREMIADA PELA SORTE

Após explicar-lhe a maneira de criar mentalmente um Cone da Nova Energia Psíquica, este caso pessoal é o melhor exemplo que conheço, para demonstrar como essa rotina foi seguida por resultados interessantes e benéficos.

Ruth W. estivera “trabalhando” com a Energia da Pirâmide durante uns seis meses, quando passou a fazer experiências com os cones.

“Sempre fui boa em visualização, sendo fácil para mim colocar quadros nítidos de Coisas em uma espécie de ‘tela mental'”, relata Ruth. “Meu uso dos cones consistia em elaborar o quadro mental de um cone de luz branca, imaginando-o situado onde pudessem ocorrer fatos significativos, Capazes de afetar minha vida.”

“Se fossem cones reais, você poderia vê-los por todos os cantos! Eu os ‘colocava’ no escritório de meu chefe, no quarto de hospital em que havia um parente enfermo, em meu carro, no jardim, no teto da casa e no colégio de meus filhos.”

“Também os ‘plantei’ mentalmente em lugares onde seria difícil colocar um cone material. Instalei um na cabeça de meu marido, outro no cérebro de meu chefe e um terceiro em meu útero.”

“Era um jogo experimental. Minha intenção era atrair as melhores influências para o local onde colocara um cone. Mantive um registro escrito da localização de minhas ‘formas-pensamentos’, a fim de acompanhar quaisquer resultados.”

“O número de aparentes coincidências que se, seguiram foi demasiado e muito preciso para, em minha opinião, ser tudo um produto apenas do acaso.”

“Meu chefe promoveu-me, quando bem poucos empregados eram beneficiados dessa forma; o parente no hospital recebeu alta uma semana antes do previsto; uma radiopatrulha pegou-me em flagrante, quando eu dirigia em um trecho onde tinham montado um radar, com o dobro da velocidade legal permitida – e recebi apenas uma advertência, pois os policiais descobriram que seus instrumentos tinham feito uma leitura errônea; as alfaces, tomates e uvas que plantei deram colheitas nunca vistas; pela primeira vez, em muitos anos, não perdemos telhas do telhado, nas ventanias do inverno; as notas de meus filhos estudantes melhoraram.”

“Meu marido – desenhista – encontrou uma solução inspirada para um problema de engenharia há muito estacionário. Em resultado, seu chefe imediatamente o promoveu a diretor do departamento em que ele trabalhava.”

“E o cone dentro de mim? Queríamos outro filho, mas eu tinha problemas para conceber. Atualmente, sou uma grávida felicíssima e a data de concepção parece situar-se a cerca de 48 horas, após eu ter ‘instalado’ um cone mental em meu útero.”

“Ainda continuo experimentando, mas relatei tudo o que já aconteceu até esta data. Baseada em minhas notas escritas, onde quer que tivesse colocado um cone mental, aconteceu algo de bom relacionado a ele.”

COMO VISUALIZAR O CONE DA NOVA ENERGIA PSÍQUICA, EM QUALQUER LUGAR, NAS VINTE E QUATRO HORAS DO DIA

Já exploramos três maneiras de ser criado um Cone da Nova Energia Psíquica em sua mente. Feito isto, sua tarefa para colocar a forma-pensamento, onde ela será mais proveitosa, é a simplicidade em si. Quando decidir onde deve “instalar” o Cone, tudo quanto tem a fazer é imaginá-lo naquele lugar!

Feche os olhos, evoque a posição que o Cone irá ocupar, bem como seus arredores – e está feito.

Caso isto lhe pareça simples demais para ser válido, poderá montar um cone de papel temporário, como foi explicado anteriormente, colocá-lo onde deseja os efeitos de seu Cone da Nova Energia Psíquica permanente, e contemplá-lo fixamente durante dois minutos. Absorva a cena que contempla, de maneira a poder recordá-la a qualquer momento mais tarde.

Tendo “fixado” a idéia pode jogar seu cone de papel no lixo – e a imagem mental que doravante recordará, vai funcionar com a mesma eficiência da forma real.

“ESTOU CONVENCIDO DE QUE MEUS CONES DA NQVA ENERGIA PSÍQUICA AJUDARAM-ME A PAGAR DÍVIDAS” ESCREVE HANK G.

“Farei aqui um breve relato do progresso de minhas experiências pessoais com a tecnologia do Cone” escreve Hank G., de Nebraska:

“Janeiro de 1978: Eu estava fortemente endividado por motivos que não divulgarei inteiramente. Basta dizer que, em 1977, havia pago uma soma considerável aos tribunais. As despesas pela sobrevivência ficavam em segundo lugar (se não pagasse a prisão era a alternativa) de maneira que passei a viver de crédito. Uma despesa médica não coberta inteiramente pelo seguro e um desemprego (temporário) puseram os credores atrás de mim.”

“Fevereiro de 1978: Consegui um emprego seguro e sugeri a meus credores ir pagando somas regulares, na proporção do que lhes devia.”

“Comecei a fazer experiências com Cones este mês. Coloquei um cone de cinco centímetros encima da mesa de refeições; fiz um cone pontudo com uma nota de dinheiro; deixei um cone de oito centímetros junto ao telefone, no lado norte, e um outro dentro da caixa do correio. Um quinto cone foi posto ao lado da porta de entrada da casa, um sexto ficou na geladeira e um sétimo debaixo de minha cama, no meu lado da cabeceira.”

“Abril de 1978: Pude manter todos os pagamentos em dia, o que, sinceramente, não esperava, pois fora demasiado otimista em minha avaliação anterior de rendimentos. Ganhei 50 dólares em um bilhete de loteria. O Sr. A. enviou-me pelo correio um cheque de 100 dólares, como reembolso e juros de um empréstimo de 75 dólares o que eu lhe fizera há três anos, e já havia dado como perdido.”

“Maio de 1978: Ganhei 1.000 dólares, respondendo a uma pergunta fácil de uma emissora de rádio, quando telefonaram ao acaso para o meu número.”

“Junho de 1978: Paguei a última divida, após receber salários retroativos, quando meu sindicato negociou um novo contrato.”

“Não faço reivindicações de causa e efeito, mas estou intimamente convencido de que meus Cones da Nova Energia Psíquica ajudaram-me a pagar dividas.”

SEU CONE DA NOVA ENERGIA PSÍQUICA OFERECE-LHE UM PODER ILIMITADO

Por que dou a este conceito o nome de Cone da Nova Energia Psíquica, ao invés de apenas Cone? Pelo motivo seguinte: embora o Cone possua seu próprio espectro de cura e poderes miraculosos; eu o vejo como uma parte do seu processo de sintonização com a Nova Energia Psíquica.

Se você estivesse trabalhando apenas com a força do Cone, eu me anteciparia em dar-lhe outra denominação, para diferenciá-lo de outros métodos e energias metafísicas. Entretanto, como uma arma adicional reunida a seu arsenal de defesas contra a fatalidade, acredito que seu emprego de um Cone, nos termos que temos discutido é, realmente, uma extensão da Nova Energia Psíquica.

Os atributos especializados do Cone colocam o poder curativo no alto da lista. Registros escritos que tenho arquivados provam:

- Alivio de dores, colocando-se um Cone no corpo da pessoa que sofre.
– Desaparecimento de perturbações intestinais, colocando-se um Cone debaixo da cadeira da pessoa em questão.

Partindo diretamente dos primeiros e amplos conceitos que lhe foram apresentados, com exclusividade, neste Circuito Energético, o autor já se encontra em avançada pesquisa sobre a Conicologia Cósmica, a fim de elaborar um método de ajuda pessoal, tendo como tema básico o poder do Cone.

Soldagem rápida de ossos fraturados. Melhora acentuada em crianças retardadas.

A pesquisa relacionada ao Cone é tão interminável vasta como o próprio Cone. É minha opinião que mal começamos a entrever o potencial ilimitado de uma energia que, de fato, talvez suplante o Poder da Pirâmide, exatamente como a eletricidade e o gás tornaram o fogão de lenha num anacronismo obsoleto.

Ligue a força de um Cone da Nova Energia Psíquica – você poderá surpreender-se com os resultados e também tornar-se conhecido como pioneiro em um novo campo de pesquisa metafísica.

“MILAGRES SÃO COMIGO”, DECLARA GLÓRlA M., ADEPTA DO CONE DA NOVA ENERGIA PSÍQUICA

Que eu saiba, Gloria M. foi a mais antiga usuária do poder do Cone. Ela ridicularizou a idéia de que este é um conceito novo.

“Completarei 93 anos em dezembro próximo”, disse Gloria. “Nasci na Espanha, em 1885, e recordo como ainda criança via meu pai colocar cones de papel sobre as parreiras, a fim de que as uvas fossem excepcionais. Ele fazia o mesmo com as verduras da horta.”

“A velha feiticeira de nossa aldeia usava um chapéu preto de aba diminuta que, a certa altura, formava um cone no alto de sua cabeça. Havia signos costurados por todo o chapéu e nós, as crianças, tínhamos verdadeiro pavor dela. Dizia-se que sabia fazer feitiços como ninguém e que, por alguns pesos, lançava mau-olhado em qualquer pessoa ruim.”

“Meu marido costumava fazer seu relógio marcar as horas certas, colocando-o em um pires, debaixo de um cone de papel. Havia séculos, minha família conhecia essa prática. Minha avó contava que um nosso antepassado encontrara um tesouro, fazendo marga em torno de um cone, dentro de um circulo.”

“Bem, mas isso é coisa antiga, e acredite quem quiser. Continuo usando meus cones e, desde que começaram a escrever livros sobre o assunto, emprego a energia deles da maneira certa. Posso dizer que funcionam muito bem comigo. Velhas não precisam de muito, mas gosto de ver meu cheque de pensão chegar na data certa, o fogão funcionar como deve, os gatos voltarem à noite e minha saúde continuar boa. Consigo tudo isso, dispondo cones pela casa. Acredite; milagres são comigo, graças àquelas coisinhas pontudas.”

“Farei uma predição para você. Quando esses discos voadores finalmente pousarem na terra e fizerem contato conosco, descobriremos que eles voam com a energia do cone, disparando pelo espaço em velocidade superior à do sol.”

“Não estarei viva quando isso acontecer. Já passei tempo suficiente neste plano terreno. Estarei partindo no dia seguinte ao Natal e que a energia do cone me leve a meu Criador. Aposto como, no Outro Lado, eles sabem mais sobre isso do que nós.”

A segunda predição de Gloria realizou-se. Ela faleceu tranqüilamente durante o sono, na noite de 26 de dezembro de 1978. Assim, talvez ainda também descubramos que os discos voadores usam os conceitos do Cone para energizar suas naves.

COMO, ONDE E QUANDO USAR SEU CONE DA NOVA ENERGIA PSÍQUICA

Como terá percebido, o campo está inteiramente aberto aos experimentos para a “fabricação” de milagres com seu Cone da Nova Energia Psíquica. Indiquei-lhe apenas alguns dos surpreendentes êxitos alcançados através do Cone, e aqui repito meu encorajamento para que faça experiências.

Basicamente, terá de colocar seu Cone no ou perto do centro da área que necessita de seus poderes transmutadores do destino.

Uma vez que o Cone pode ser criado como “forma-pensamento”, abre-se uma paisagem excitante a seus olhos. É impossível, por exemplo, colocar um Cone real na mente de outra pessoa. Entretanto, você pode visualizar um Cone mental, dentro da cabeça de quem quer que seja – e os adeptos de tal técnica afirmam terem conseguido maravilhas em controle, amor e manipulação, fazendo semelhante quadro mental.

Sem dúvida, você recorda aquelas antigas e humorísticas gravuras de salas de aula, onde o aluno que custava a aprender era banido para um canto, tendo na cabeça um chapéu pontudo. Esse costume, de expor os supostamente menos inteligentes ao ridículo, morreu em nossos dias. Entretanto, o feitio fascinante daquele velho chapéu era, invariavelmente, em forma de cone!

Poderíamos perguntar-nos se o costume de colocar-se um chapéu cônico na cabeça de alunos obtusos não traria consigo a intenção originária de focalizar a potência do Cone em seu cérebro para assim despertar-lhes forças mentais em potencial. Curioso também é que o chapéu cônico tenha sido incansavelmente retratado na lenda, como característica dos astrólogos, adivinhos e outros praticantes de magia!

Assim, o hábito de colocar um cone – real ou imaginário – sobre a cabeça, é usado por algumas pessoas quando querem redigir as palavras exatas de uma carta, escrever um poema criativo ou encontrar inspiração para um livro. Não obstante, em vista de uma conotação com o chapéu aparentemente ridículo do aluno atrasado, nenhum dos meus conhecidos que usam o Cone permitiu que os identificasse.

Eu o aconselharia a usar o Cone da Nova Energia Psíquica em toda e qualquer condição que necessite de uma mudança para melhor. Use-o juntamente com quaisquer outras técnicas ou métodos pois, quase inevitavelmente, ele aumentará a energia disponível.

Conheço o dono de um carro, a leste do Canadá, que coloca uma “forma-pensamento” de um enorme Cone sobre seu automóvel, quando o estaciona na rua, todas as noites. A despeito de ser essa área notória pelo vandalismo, em quatro anos ele nunca teve o carro arrombado e o máximo que aconteceu foram arranhões no pára-choque. Além disso, ele jura que seu carro dá partida com facilidade, mesmo nas manhãs mais geladas, enquanto seus vizinhos lutam com cabos de bateria, sprays de aerosol no arranque, empurrões para o motor pegar e uma quantidade de outros dispositivos, tão dispendiosos quanto demorados, na tentativa de aquecerem um motor parado e frio.

Em resumo, a, colocação de um Cone da Nova Energia Psíquica como uma “forma-pensamento” perto de alguém ou de alguma coisa que deva ser modificada em seu benefício, pode produzir resultados satisfatórios e surpreendentes. Seria interessante para mim ser informado de suas experiências, se me escrever aos cuidados deste editor. Embora eu não possa garantir resposta a todas as cartas (costumo receber demasiadas, para responder a todas pessoalmente), ficarei feliz ao saber de sua pesquisa e dos resultados obtidos.

Fonte: Os segredos por trás das pirâmides, Geof Gray-Cobb.

log_pir_47

.

 Gostou? Então Curta nossa página no Facebook.

eu_47 Seja amigo do autor do site no Facebook, e esteja sempre antenado em assuntos interesantes como este.

Posted in Textos sobre pirâmides | Etiquetado: , , , | 8 Comments »

 
Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 367 outros seguidores